PUBLICIDADE

Riot Games desiste de reintegrar caster acusado de assédio

Nicolino, narrador do VCT-BR, é alvo de várias denúncias de assédio e abuso sexual e havia sido afastado pela organização há um mês

4 ago 2021 17h17
| atualizado às 17h19
ver comentários
Publicidade

Em comunicado na terça (3), a Riot Games anunciou o retorno de Nícolas “Nicolino” Emerenciano, caster que responde a uma série de denúncias de assédio e abuso sexual, às transmissões do VALORANT Champions Tour Brasil 2021. O narrador estava afastado desde o mês de julho quando havia sido denunciado à empresa.

Riot desiste de reintegrar caster acusado de assédio:

Após o anúncio gerar revolta nas redes sociais, novas acusações vieram a público - anexadas ao fim desta matéria, e a Riot decidiu afastar o caster mais uma vez. Várias mulheres do cenário de eSports se manifestaram nas redes sociais com a tag #ForaNicolino.

A streamer baiana Neila "confuser" publicou um vídeo que viralizou no Twitter, em que pedia uma reposta da Riot que estivesse à altura da gravidade do caso.

"Esse tipo de denúncia, exposição tem que ser levada a sério... O que eu reclamei no vídeo foi o fato de que o Nicolino está sob acusações muito sérias, e mesmo assim uma empresa grande como a Riot Games quis ignorar esse fato e receber ele de volta. Isso não existe, enquanto ele estiver com essas acusações nas costas e enquanto nada for resolvido, ele não pode voltar a atuar no cenário. Chamar ele de volta foi um tapa na cara de todas as mulheres do cenário e da sociedade no geral", disse Neila em conversa com a reportagem do GameON.

"O que falta é empatia com as possíveis vítimas, falta profissionalismo e falta vergonha na cara, porque quando é para promover campeonato e ficar com a fama de "empresa amiga das mulheres", estão lá, mas quando é pra nos proteger de possíveis ameaças (até mesmo sexuais como nesse caso), zero atenção", acrescentou.

Nicolino está afastado por tempo indeterminado das transmissões do VCT-BR
Nicolino está afastado por tempo indeterminado das transmissões do VCT-BR
Foto: Divulgação/Riot Games

As denúncias que circulam nas redes sociais a respeito de Nicolino são várias, envolvendo desde colegas de trabalho a players do cenário de VALORANT. No entanto, Nicolino nega que tenha havido assédio. Em uma nota oficial, ele reconhece que o comportamento que teve em contato com outras mulheres, enquanto namorava, era inadequado, mas que todas as partes estavam cientes e "alinhadas" com a situação.

Confira o comunicado oficial da Riot Games abaixo:
"Durante as últimas semanas, o nosso processo de avaliação da situação e de fatos de conhecimento da Riot foram compartilhados com a equipe do VCT-BR, para garantir que todos estavam confortáveis com as decisões tomadas até o momento com relação ao caster Nicolino. No entanto, após a publicação de nosso comunicado, tivemos discussões adicionais com o time à luz de novos relatos, e optamos por manter o afastamento do caster por período a ser definido.

Em respeito à privacidade de todos, não entraremos em detalhes. Reforçamos o compromisso de criar um espaço de inclusão e segurança em nossas comunidades e operações, e essa é a nossa prioridade no VCT-BR. Estamos abertos a ouvir todos e sempre que for preciso vamos reavaliar nossas decisões no sentido de preservar os valores nos quais acreditamos."

Confira alguns dos relatos recentes abaixo (alerta de gatilho e conteúdo sensível para algumas pessoas):

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade