PUBLICIDADE

Disney pode estar prestes a comprar a EA

Vice-presidentes pressionam CEO da Disney para expansão da empresa e torná-la uma "gigante dos jogos". EA é um dos alvos para possível aquisição

11 out 2023 - 17h34
(atualizado às 19h55)
Compartilhar
Exibir comentários

A Disney segue com intenções de adquirir uma empresa de jogos AAA, sendo a Electronic Arts (EA) uma das sugestões dos executivos para o CEO Bob Iger, em um movimento mais brusco de mudança para recuperar o valor da companhia e também virar uma grande empresa de videogames.

Foto: Divulgação/EA Sports / Canaltech

A possibilidade foi noticiada pela Bloomberg, que fez uma avaliação completa do atual estado da Disney, sobretudo por ela ter passado por alguns problemas e redução de valor no mercado nos últimos tempos. Uma das mudanças para contornar a situação foi o retorno de Bob Iger, que atualmente está em uma das cadeiras de CEO da Casa do Mickey e, no passado, foi um dos responsáveis pela aquisição de diversas companhias, como Marvel, Pixar, Lucasfilm e 21st Century Fox.

Disney comprou a 21st Century Fox em dezembro de 2017 (Divulgação/Disney)
Disney comprou a 21st Century Fox em dezembro de 2017 (Divulgação/Disney)
Foto: Canaltech

A agência destaca que no atual momento existe uma "pressão dos vice-presidentes de Iger para uma transformação mais ousada da Disney", saindo de uma licenciadora de jogos para uma "gigante dos jogos".

Atualmente a Disney é uma licenciadora de jogos, o que significa que ela oferece as IPs (Propriedades Intelectuais) para outras desenvolvedoras criarem videogames com base na obra. Uma das sugestões foi a aquisição da EA, porém Bob Iger segue indeciso sobre essa possibilidade no geral.

Disney Speedstorm é um exemplo de IP da Disney usada em desenvolvimento de outra empresa. (Divulgação/Gameloft)
Disney Speedstorm é um exemplo de IP da Disney usada em desenvolvimento de outra empresa. (Divulgação/Gameloft)
Foto: Canaltech

Há alguns anos, a EA entrou em contato com outras grandes empresas para uma possível fusão ou venda, incluindo Amazon, Apple e a própria Disney - o que torna compreensível o uso da EA como exemplo de aquisição pelos vice-presidentes.

Essa mudança transformaria a Disney em uma empresa de jogos AAA, que são desenvolvedoras com capacidade de produção em grande escala, alto orçamento e ampla divulgação. Caso esse movimento seja feito no futuro, a Disney entraria em competição direta contra outras grandes AAA do mercado, como Microsoft, Sony, Nintendo, Square Enix, Ubisoft, Bethesda e Rockstar.

Fonte: Bloomberg

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade