PUBLICIDADE

Batman finalmente revela o trágico motivo pelo qual não curte dançar

Batman pode ser muito bom em várias atividades físicas, mas há uma habilidade que ele simplesmente rejeita devido a uma razão trágica

11 jun 2024 - 06h36
(atualizado às 09h44)
Compartilhar
Exibir comentários

Você talvez já tenha visto Bruce Wayne dançar uma ou outra vez nos quadrinhos, em seriados, animações ou no cinema. Mas isso não é uma coisa que ele faz com muita frequência, e, em certo ponto de sua vida, até mesmo rejeitou essa atividade, embora, devido ao seu conjunto de habilidades, talvez seja muito bom nisso. E, agora, há uma explicação para isso — e o motivo é trágico.

Foto: DC Comics / Canaltech

Atenção para spoilers de DC's Spring Breakout #1!

Todo mundo sabe que Batman vive eternamente revivendo o trauma da morte de seus pais — embora ele já tivesse que ter superado, pois um marmanjo bilionário poderia muito fazer uma terapia ou esfriar a cuca em Ibiza. Tudo bem, isso é uma ferramenta de narrativa para abordar diversas de suas ações e motivações.

A DC Comics gosta de castigar o bilionário desde sua tenra idade, e agora deu um jeito de "baixastralizar" ainda mais a vida de Bruce. Em DC's Spring Breakout #1, antologia com oito contos de heróis para ler nas férias escolares estadunidenses, uma das tramas é especialmente deprê em meio às outras, que são até literalmente mais ensolaradas. 

A DC tem as manhas de deixar a vida do Batman ainda mais deprê (Imagem: Reprodução/DC Comics)
A DC tem as manhas de deixar a vida do Batman ainda mais deprê (Imagem: Reprodução/DC Comics)
Foto: Canaltech

Em Cold Feet, uma mulher exuberante convida Bruce para dançar e ele recusa gentilmente. Mais tarde, Alfred, que fica sempre xeretando o que o bilionário faz, tenta encher o saco, digo, compreender por que seu patrão não curte requebrar o quadril ouvindo um funk ou conduzir uma solteirona ao som de José Augusto.

E aí que o mordomo pode ter se arrependido de atualizar as fofocas, porque Bruce mostrou que não há mesmo limites para os quarteirões da rua da amargura em sua vida.

Dança é um gatilho para lembrar da mãe

Bruce revela que parou de dançar após a morte de sua mãe, pois era uma atividade que ambos adoravam fazer juntos. Ele relembra um baile escolar realizado apenas um mês após o trágico acontecimento, contando que rejeitou o convite para participar da festinha.

"Era o meu mundo e eu achei que não sabia mais dançar sem ela", disse, antes de apelar de vez para o fundo do poço: o herói completando que, mesmo se quisesse, "ninguém queria dançar" com ele de qualquer maneira.

Bruce diz que ninguém dançaria com ele de qualquer jeito (Imagem: Reprodução/DC Comics)
Bruce diz que ninguém dançaria com ele de qualquer jeito (Imagem: Reprodução/DC Comics)
Foto: Canaltech

Embora seja um conto curto e triste, essa história traz alguns aspectos interessantes. A começar pela fase retratada pelas lembranças de Bruce, que é um período pouco explorado em sua vida até a transformação completa em Batman.

Em segundo lugar, observe que Bruce está falando de uma memória importante de seu passado vestido de Batman. Ou seja, assim como já vimos outras vezes no passado, o herói realmente considera que sua verdadeira faceta é a do Homem-Morcego, enquanto o riquinho mimado que cuida de suas heranças continua servindo como um disfarce.

Para completar, em Noites de Trevas: Death Metal #7, lançado em janeiro de 2021, muitos fãs cobraram do escritor Scott Snyder uma explicação mais detalhada sobre a revelação de que Bruce é um péssimo dançarino. Os leitores argumentaram que esse retrato não era realista, considerando a dedicação de Batman em dominar seu físico e sua personalidade de playboy, o que provavelmente envolveria habilidades de dança —  essa trama também cobre uma possível inverossimilhança na saga.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade