PUBLICIDADE
Logo do Vasco

Vasco

Favoritar Time

Vasco trabalha de maneira unificada em diversas frentes em prol de dias melhores

Cruz-Maltino entra em campo neste final de semana para enfrentar o Flamengo

29 mai 2024 - 08h21
Compartilhar
Exibir comentários

Apesar do imbróglio judicial envolvendo o associativo e a 777 Partners, o Vasco tem trabalhado de maneira unificada em busca de dias melhores e para dar alegrias ao torcedor. Prova disso é a tentativa de repatriar Philippe Coutinho, cria de São Januário que está próximo de um acerto com o clube.

Foto: Lance!

Com a 777 Partners em cena, a relação era mais fria e a sensação de quem olhava de fora era de distanciamento entre as partes. A decisão judicial fez com que o Vasco associativo assumisse o controle da SAF.

Com isso, Pedrinho pôde se aproximar, participar e ajudar mais da SAF. O presidente do Vasco mantém contato frequente com o CEO Lúcio Barbosa e o diretor de futebol Pedro Martins.

Quando se trata de Philippe Coutinho, Pedrinho foi diretamente em pessoas próximas ao meia-atacante. Já Pedro Martins conversou com os representantes. No momento, o que impede o retorno do jogador é a rescisão com o Aston Villa, da Inglaterra.

Philippe Coutinho não foi o único grande nome a ser trabalhado por Pedrinho. Segundo informações apuradas pelo Lance!, o meia Thiago Alcântara, filho de Mazinho, que foi ex-jogador do Vasco e da Seleção Brasileira, chegou a receber uma sondagem do Vasco. No entanto, é um negócio improvável de acontecer em razão da vontade do jogador de ainda permanecer na Europa, do alto salário do astro e da condição física do atleta.

Thiago Alcântara jogou apenas cinco minutos na temporada 2023/2024.

- Nunca foi minha intenção retomar o futebol. Sempre usei as palavras colaborar e contribuir. Tudo que eu possa vir a indicar futuramente, eu indiquei para a 777 lá atrás. Indiquei membros para a comissão técnica, jogadores com números financeiros bons e capacidade técnica acima da média, acreditando que eles tinham dinheiro, por que eu faria isso se quero o mal da 777? Indiquei profissional que hoje serve à seleção brasileira (Rodrigo Caetano) para ser diretor. Sempre quis o bem do Vasco - afirmou Pedrinho em coletiva.

Na última semana, a Justiça do Rio teve um movimento favorável ao Vasco associativo ao manter a liminar obtida em primeira instância. Dentro das quatro linhas, o Cruz-Maltino volta a campo neste domingo (2), às 16h, para fazer um clássico. O rival será o Flamengo pela 7ª rodada do Brasileirão.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade