PUBLICIDADE
Logo do Vasco

Vasco

Favoritar Time

Pedrinho confirma interesse em repatriar Coutinho para o Vasco

Em coletiva, mandatário revela que está negociando com o meia do Aston Villa. Ele também confirma que nada muda em relação a Álvaro Pacheco

16 mai 2024 - 16h48
(atualizado às 16h54)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação / Duhail SC - Legenda: Philippe Coutinho (dir.) pode voltar ao Vasco na próxima janela / Jogada10

Durante entrevista coletiva, realizada nesta quinta-feira (16), o presidente do Vasco, Pedrinho, confirmou que há negociação por Philippe Coutinho. O meia de 31 anos pertence ao Aston Villa (ING), mas atua emprestado no Al Duhail (QAT). O mandatário também afirmou que a briga judicial com a 777 Partners, sócia majoritária da SAF, não interfere na contratação do técnico Álvaro Pacheco, prestes a assinar com o clube.

Perguntado sobre o suposto interesse no craque, revelado pelo Vasco, Pedrinho interrompeu a repórter (não identificada) e confirmou que a negociação está acontecendo. Mas adotou tom misterioso, sem revelar, de fato, quem está à frente da negociação.

"Ela está acontecendo. Com quem? Ela continua, seja com o Vasco SAF, seja comigo. De repente foi comigo antes do Vasco SAF, lá atrás ela pode ter sido com o Josh (Wander), agora pode estar sendo comigo", revelou.

Coutinho tem contrato até junho de 2026 com o Aston Villa. Seu contrato de empréstimo com o Al Duhail vai até o meio de 2024. O time inglês estaria disposto a fazer um novo empréstimo, já que o jogador não está nos planos para a próxima temporada e recebe um dos maiores salários do clube.

O meia, ex-Seleção Brasileira, aceitaria reduzir seus vencimentos para poder acertar com o Vasco, aliás.

E Álvaro Pacheco?

Já quanto ao português Álvaro Pacheco, técnico muito próximo de assinar com o clube como substituto de Ramón Díaz, Pedrinho foi enfático. Ele revelou que está "tudo resolvido" e não há motivo para que o português não assuma o comando técnico do time.

"O que foi passado pra mim é que está tudo resolvido com o técnico. Não tem porque ele não vir. Não tem nenhum temor. A SAF está ali, o dinheiro está ali. A instabilidade que as pessoas falam não tem sentido nenhum. A instabilidade é entre os sócios e não interfere em nada", revelou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade