PUBLICIDADE
Logo do Vasco

Vasco

Favoritar Time

Ao J10, jornalista de Portugal revela métodos de Álvaro Pacheco

Thiago Correia, do Diário do Minho, aposta que São Januário estará lotado de boinas num futuro próximo. Técnico português assumirá o Vasco

19 mai 2024 - 10h27
(atualizado às 10h33)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação/Vitoria de Guimarães - Legenda: Álvaro Pacheco chega neste domingo (19) ao RJ para acertar com o Vasco / Jogada10

Apesar de ainda não ter sido anunciado, Álvaro Pacheco já está até a caminho do Rio de Janeiro para fechar com o Vasco. Sua chegada ao  aeroporto Galeão é prevista para este domingo (19). E o Jogada10 buscou conhecer mais das origens e estilo do treinador português.

Dessa forma, a reportagem conversou com o jornalista brasileiro Thiago Correia, do Diário do Minho, de Braga (POR), para saber mais sobre Pacheco. Segundo Correia, a chegada do português se assemelha à de Artur Jorge, seu compatriota, ao Botafogo.

"A situação da chegada de Álvaro Pacheco ao Vasco tem algumas semelhanças com a de Artur Jorge ao Botafogo, e não apenas pelo fato de ambos terem saído do Minho brigados com clubes que fizeram bons trabalhos. Assim como o treinador alvinegro, a experiência de Pacheco não vai muito além de um perímetro muito limitado de onde nasceu e acumulou experiência enquanto técnico de futebol. A única vez que esteve a mais de três horas (de carro) de casa, fracassou no Estoril", detalhou o jornalista.

Vitória de Guimarães fez história

Ele lembra, porém, que a antiga equipe de Artur Jorge - o Braga - era menos modesta que o Vitória de Guimarães. Por mais que não tenha treinado o time no último sábado (18), quando disputou-se a última rodada do Campeonato Português, seu time conseguiu terminar na quinta posição, com 63 pontos - melhor pontuação da história do clube. O Braga ficou em quarto, com 68.

"No entanto, as suas passagens pelo modestíssimo Vizela e pelo tradicionalíssimo Vitória de Guimarães podem trazer alguma expectativa positiva para os vascaínos, inclusive ao fazer uma comparação com o Braga de Artur Jorge. O elenco do Braga é muito superior ao do Vitória. Artur Jorge tinha jogadores da categoria de João Moutinho, Pizzi, Matheus, Djaló, Ricardo Horta, Borja, Zalazar, Bruma e outros. E até o último fim de semana os dois disputavam ponto a ponto o quarto lugar", analisou.

Correia afirma que Pacheco conseguiu alcançar um padrão de jogo com seu time, mesmo que sem jogadores de maior calibre. No Vasco, porém, o treinador encontrará alguns atletas mais encorpados, por assim dizer.

"Com um elenco mediano, Álvaro Pacheco conseguiu extrair o máximo dos jogadores, criar um padrão de jogo, obter um conjunto sólido, e fazer algumas individualidades destacaram-se, principalmente na figura de Jota Silva, que chegou a ser convocado para a seleção portuguesa e dificilmente permanece em Guimarães. No Vasco, vai ter pelo menos três jogadores acima da média para criar uma espinha dorsal, coisa que ele não tinha no Vitória", afirmou.

E o esquema no Vasco?

Na atual temporada, o Vasco já testou um esquema com três zagueiros e outro com linha de quatro. Segundo o jornalista, o português tende a usar defesa com três jogadores.

"Nesta temporada, Pacheco apostou muito no esquema com três zagueiros, algo que Ramón Díaz tentou no início da temporada e acabou por abandonar. Do meio para a frente, podia variar para um sistema com quatro no meio e três na frente, ou com dois atacantes e um meio-campo mais povoado. Mas sempre com ofensividade e coragem para praticar um jogo ofensivo e com pressão", disse.

Para Thiago Correia, o português tem um "carisma natural", apesar de ser agitado na beira do campo. Dessa forma, é capaz, aposta o jornalista, que São Januário seja tomado por torcedores com boinas em breve. O item substituiu o seu famoso boné quando a diretoria do Vitória de Guimarães trocou o código de vestimenta do clube.

"Fora de campo, é um treinador com um carisma natural. Se for bem, a tendência é ver São Januário cheia de boinas em um futuro próximo. Costuma conquistar logo os jogadores no vestiário, e a torcida com muita agitação na linha lateral", finalizou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade