PUBLICIDADE

Surfe

eMuseu do Esporte lança a Galeria Virtual do Surfe no dia 4

Lendas do esporte como Rico de Souza, Pepê Lopes, Daniel Friedmann, Andrea Lopes, além de surfistas da nova geração como Gabriel Medina estão imortalizados em tecnologia 3D no eMuseu do Esporte a partir do dia 4

31 mar 2023 - 17h24
Compartilhar
Exibir comentários

Surfistas, amantes do surfe ou simplesmente pessoas que tenham interesse em conhecer um pouco desse esporte, que possui a cara do Brasil, fala de praia e já mostrou ao mundo grandes feras brasileiras, poderão, a partir do próximo dia 4 de abril , acompanhar e conhecer um pouco desses profissionais com um simples toque. O eMuseu do Esporte lançará mais uma galeria, desta vez, exclusiva e dedicada ao SURE. O museu do surf está sendo feito em parceria com o curador Rico de Souza e a Confederação Brasileira de Surfe e conta com o patrocínio da Vale através da Lei de Incentivo Federal ao Esporte.

Divulgação
Divulgação
Foto: Lance!

O visitante poderá recordar Rico de Souza, um dos primeiros brasileiros a ser conhecido mundialmente, carregando a bandeira do Brasil , no mundial em Porto Rico, em 1988 , ou lembrar o lendário Daniel Friedmann, primeiro carioca e estrangeiro a ganhar uma competição profissional de surf na Austrália, ainda nos anos 1980. O eMuseu também disponibiliza diversas outras galerias 100% acessíveis.

"Achei incrível o projeto do Museu do Esporte Digital, porque ele resgata a historia do surfe brasileiro e mundial, através de fotos e pranchas históricas dos nossos ídolos. Estamos vivendo um momento único na história do surfe, e ser convidado para trabalhar como curador da exposição foi uma grande honra." comemorou Rico de Souza.

Mas os nomes que estarão imortalizados em 3D não param por aí; além de Rico de Souza, a galeria exibirá mais de 15 atletas renomados, hologramas e pranchas lendárias em 3D.

Bianca Gama, gestora do eMuseu do Esporte, ressalta um diferencial do projeto: "Essa galeria tem um charme todo especial. O surfe é um esporte que antigamente era muito discriminado e tivemos grandes nomes como o próprio Rico, Pepê e o Daniel Friedmann, que trabalharam e desmistificaram isso, abrindo espaço para várias gerações de talentos que hoje estão aí levando o nome do Brasil para o mundo e merecem todos os nossos aplausos. Mais uma vez estamos dando acesso à inclusão e, por isso, o eMuseu do Esporte proporciona também versão acessível a deficientes visuais e auditivos." explica Bianca .

Acervos em destaque da galeria:

2x Vice-campeã mundial Silvana Lima

2x Vice-campeã mundial de longboard Chloé Calmon

4x Campeã brasileira Andréa Lopes

3x Campeão brasileiro de longboard Rico de Souza

10x Campeão brasileiro Picuruta Salazar

3x Campeão Mundial Gabriel Medina

Campeão Mundial 2022 Filipe Toledo

Campeão Mundial Adriano de Souza

Campeão Mundial e Ouro olímpico Ítalo Ferreira

2x Campeão do Qualifying Series Mundial Teco Padaratz

Fábio Gouvea

Campeão mundial de ondas grandes Carlos Burle

Pepê Lopes

Daniel Friedmann

5x campeão mundial Fellipe Kizu (surf adaptado)

Principais pranchas: (total: 17)

Greg Noll

Vitor Ribas

Eddie Aikau

Mark Richards

São Conrado Surfboards

Rory Russel

Toledo, Medina e Mineirinho (Adriano de Souza)

Para acessar a exposição, basta clicar em:

Link em português:

https://expo3d.emuseudoesporte.com.br/3D/v2/saloon_2/134/index.html?gallery=134

Link em inglês:

https://expo3d.emuseudoesporte.com.br/3D/v2/saloon_2/154/index.html?gallery=154

Link acessível def. visual:

https://www.emuseudoesporte.com.br/br/colecoes-acessiveis/152

Link acessível def. auditivo: https://expo3d.emuseudoesporte.com.br/3D/v2/saloon_2/134/index.html?gallery=155

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade