PUBLICIDADE
Logo do São Paulo

São Paulo

Favoritar Time

São Paulo será multado por não ceder sala de coletiva ao Palmeiras

São Paulo receberá multa da Federação Paulista por não ceder sala de coletiva.

4 mar 2024 - 20h22
(atualizado às 20h22)
Compartilhar
Exibir comentários
São Paulo será multado por não ceder sala de entrevista coletiva
São Paulo será multado por não ceder sala de entrevista coletiva
Foto: divulgação/saopaulofc / Esporte News Mundo

Depois do empate por 1 a 1 entre São Paulo e Palmeiras neste domingo (03), no Morumbis, o técnico do Palmeiras Abel Ferreira, não deu entrevista coletiva. Isso porque, o São Paulo não disponibilizou sua sala de entrevista coletiva, alegando reciprocidade ao tratamento recebido pelo rival no Allianz Parque. 

Nesta segunda-feira (04) o São Paulo recebeu uma multa administrativa da Federação Paulista de Futebol, por não ceder a sala de coletivas. O valor da multa é de R$ 5 mil, esta se baseia nos artigos 2 e 3 do regulamento da entidade que exige que os clubes, mandantes das partidas, forneçam um espaço adequado para a realização das coletivas pós jogo.  

  • 2: É obrigação do clube mandante oferecer espaço e estrutura para organização e realização das entrevistas;
  • 3: Havendo apenas uma sala ou espaço de imprensa disponível no estádio, será realizada a entrevista da equipe visitante e, posteriormente, a entrevista da equipe mandante, salvo acordo prévio realizado entre os clubes, que deverá ser informado à FPF com pelo menos 24 horas de antecedência da realização da partida.

Além desse problema com a sala de entrevistas coletivas, houve ainda uma confusão com dirigentes e jogadores do São Paulo, que foram até o corredor que dá acesso ao vestiário da arbitragem. Os são-paulinos xingaram o árbitro e também o técnico do Palmeiras Abel Ferreira. 

Para saber tudo sobreoSão Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Após o jogo, o mandatário são-paulino, Julio Casares, deu fortes declarações e disse que a Federação Paulista não pode atuar de tal maneira e afirmou que se tais situações continuarem a acontecer, o clube vai seguir repudiando essas ações em todas as instâncias. 

A próxima partida do São Paulo é pela última rodada da fase de grupos do Paulistão, domingo (10), em Itu contra o Ituano. Para se classificar para as quartas de final, o time comandado por Thiago Carpini precisa da vitória.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade