PUBLICIDADE
Logo do São Paulo

São Paulo

Favoritar Time

São Paulo e Vasco tentam fechar com destaque da Liga Portuguesa

Tricolor Paulista foi o primeiro a abrir negociações, que não evoluíram, mas voltou à dianteira. Apesar disso, Cruz-Maltino segue otimista

26 fev 2024 - 11h31
Compartilhar
Exibir comentários
Miguel Riopa/AFP via Getty Images - Legenda: Atacante brasileiro André Silva construiu sua carreira praticamente toda em Portugal
Miguel Riopa/AFP via Getty Images - Legenda: Atacante brasileiro André Silva construiu sua carreira praticamente toda em Portugal
Foto: Jogada10

O São Paulo e o Vasco disputam a contratação do atacante André Silva do Vitória de Guimarães, de Portugal. A 777 Partners aprovou o nome. Assim, o Cruz-Maltino e o clube português já chegaram a um acordo. No caso do Tricolor Paulista, foi o primeiro interessado no jogador. Em um primeiro momento não houve avanço nas negociações. Os cariocas se tornaram o favorito a contratá-lo. No entanto, houve uma reviravolta e o clube do Morumbi é quem lidera a disputa. A expectativa é de que a situação se resolva na próxima semana.

Pelo lado do Soberano, o fato de disputar a Libertadores pode ser um diferencial. André é o grande destaque da equipe na temporada, pois é o artilheiro, com 13 gols. Especificamente no Campeonato Português, ele é o líder em participações diretas em gols, com 12, sendo dez tentos. O goleador máximo da equipe no torneio.

O atacante não chegou a atuar profissionalmente no futebol brasileiro. Apenas nas categorias de base. Silva, de 26 anos, construiu grande parte da sua trajetória em Portugal. Ele acumula passagens por Rio Ave, Arouca e Vitória de Guimarães. No seu atual clube, o atleta soma 60 partidas e 19 gols marcados.

Reforçar o setor ofensivo é uma prioridade no Vasco

O Gigante da Colina precisa concluir suas negociações até o dia 7 de março, prazo em que fecha a janela de transferências. O clube identificou pelo menos quatro jogadores como possíveis reforços. Tratam-se de Carlos De Pena, Breno Lopes, Luciano Rodríguez e Pedro Henrique.

Com relação ao primeiro, o Cruz-Maltino fez apenas uma sondagem. A respeito de Luciano, o Vasco chegou a ter uma reunião com o Liverpool, do Uruguai. Contudo, a 777 Partners e o clube de São Januário consideraram a pedida muito alta. As situações de Breno Lopes e Pedro Henrique foram as que mais tiveram próximas de se concretizar, mas houve reviravoltas.

Aliás, o ataque é um dos setores mais carentes do elenco para esta temporada. Com isso, uma das prioridades de contratação é um ponta-esquerda, posição preferencial do atacante, que está no Inter. Desde a última temporada, o Vasco possuía sete opções para atuar pelos lados do ataque. No caso, Alex Teixeira, Erick Marcus, Figueiredo, Orellano, Serginho, Rossi e Pec.

O único que conseguiu se firmar como titular foi o último, mas que não está mais no elenco. Afinal, o Cruz-Maltino aceitou uma proposta do Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos, pelo jogador. Por sinal, Alex Teixeira, Figueiredo e Orellano deixaram a equipe. O primeiro não renovou o seu contrato e os outros dois saíram por empréstimo. Rossi, Serginho e Erick Marcus apresentaram desempenho irregular em suas passagens até aqui. O terceiro deles muito por conta da pouca idade.

Para compensar as saídas, o Gigante da Colina fechou até aqui com Adson em definitivo junto ao Nantes. Bem como David por empréstimo também em tratativas com o Internacional.

São Paulo busca alternativa para Calleri

Por outro lado, o Tricolor segue sua saga em busca de um reserva para Calleri. No elenco tricolor, ele e Welington são os únicos que não têm um substituto imediato. O lateral-esquerdo ainda tem o jovem Patryck para revezamento, mas a comissão técnica não vê o garoto pronto para assumir uma briga com o titular pela posição.

Já pela posição de centroavante, Carpini testou Luciano, Juan e até mesmo Galoppo improvisado. Contudo, nenhum destes atletas conseguiu fazer o mesmo papel que o argentino. Assim, achar um substituto para Calleri virou objetivo principal no São Paulo. Ainda mais pelo ano que o clube deve viver em 2024.

Afinal, o Tricolor Paulista vai disputar ainda neste ano Brasileirão, Copa do Brasil e a Libertadores. Com tantos compromissos importantes, o São Paulo teme desgastar seu artilheiro ou até mesmo que ele sofra uma lesão. Vale lembrar que o jogador terminou a temporada com uma lesão no tornozelo direito.

Assim, André Silva chegaria para ser o substituto imediato do Calleri. Uma titularidade neste momento é vista como improvável, já que o argentino possui uma idolatria dentro do Morumbi. Entretanto, boas atuações podem fazer com que Thiago Carpini repense suas convicções.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade