PUBLICIDADE
Logo do São Paulo

São Paulo

Favoritar Time

James Rodríguez muda de ideia, pede desculpas e decide ficar no São Paulo; entenda

Meia colombiano pode ser inscrito no mata-mata do Paulistão, caso o time tricolor avance

20 fev 2024 - 19h56
(atualizado às 22h07)
Compartilhar
Exibir comentários

Após pedir para ir embora, James Rodríguez mudou de ideia e desistiu de rescindir o contrato com o São Paulo. A permanência foi acertada durante reunião com a diretoria são-paulina nesta terça-feira, conforme noticiado inicialmente pelo jornalista Gabriel Sá e confirmado pelo Estadão. O meia colombiano não pode jogar os quatro jogos que restam da primeira fase do Paulistão, porque o período de inscrição para esta etapa se encerrou há pouco mais de uma semana, mas pode ser inscrito no mata-mata, caso o time tricolor avance.

James Rodríguez
James Rodríguez
Foto: São Paulo Futebol Clube/Divulgação / Estadão

Em entrevista ao canal do YouTube dos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi, o coordenador de futebol são-paulino Muricy Ramalho disse que o meio-campista mostrou arrependimento e teve uma conversa com o técnico Thiago Carpini.

"Ele pediu desculpas, quer jogar no São Paulo. É um jogador que nunca se afastou dos treinamentos, sempre cumpriu com as obrigações dele, treinando sempre bem, nunca criando caso com ninguém. É um cara super gente boa no dia a dia com os jogadores, com a gente também. Claro que entendemos o pedido dele de desculpa, ele querer voltar a jogar no São Paulo e não podemos deixar de lado um craque como esses. Ele conversou com o treinador, pediu desculpas e a gente entendeu", disse Muricy.

Conforme determinado pelo regulamento do campeonato estadual, os clubes podem realizar quatro alterações em suas listas de jogadores ao fim da primeira fase. Para James entrar, portanto, algum nome seria retirado. O São Paulo está fora da zona de classificação do Grupo D, em terceiro lugar, com 14 pontos, um ponto atrás de Novorizontino e São Bernardo, mas tem um jogo atrasado com a Inter de Limeira para repor.

Há duas semanas, James Rodríguez procurou a diretoria do São Paulo para pedir a rescisão amigável de contrato e, em um primeiro momento, o sinal foi positivo. A negociação para romper o contrato, contudo, não avançou. Quando ele pediu para sair, o time são-paulino havia acabado de ser campeão da Supercopa do Brasil, no Mineirão, com vitória nos pênaltis sobre o Palmeiras.

O colombiano vinha em reta final de recuperação de um estiramento na panturrilha direita, sofrida em novembro do ano passado. Igor Vinícius, Rodrigo Nestor e Lucas Moura, também lesionados, integraram a delegação que viajou para Belo Horizonte, junto de Muricy Ramalho, coordenador de futebol do clube. James, por sua vez, teria se recusado a viajar.

O contrato do São Paulo com o meio-campista vai até junho de 2025. O salário pago pelo clube bate em quase R$ 1 milhão por mês. A transferência não teve custos, já que James estava livre no mercado após deixar o Olympiacos, da Grécia.

James Rodríguez
James Rodríguez
Foto: São Paulo Futebol Clube/Divulgação / Estadão
Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade