PUBLICIDADE
Logo do São Paulo

São Paulo

Favoritar Time

Entenda os bastidores do 'fico' de James Rodríguez no São Paulo

Colombiano pediu desculpas para os jogadores, comissão técnica e diretoria, e busca um recomeço no Tricolor Paulista

21 fev 2024 - 11h34
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação/São Paulo FC - Legenda: James Rodríguez vai permanecer no São Paulo / Jogada10

Os bastidores do São Paulo se agitaram nesta terça-feira (20), após a notícia que James Rodríguez pediu para permanecer no clube. Menos de duas semanas depois de pedir para sair, o meio-campista colombiano solicitou mais uma oportunidade ao Tricolor. Neste processo, o jogador decidiu se desculpar com todos os atletas do elenco, a comissão técnica e a diretoria do clube.

O processo para reconciliação passou muito por Rafinha. Capitão do time e um dos líderes do elenco, o lateral-direito foi um dos responsáveis pela chegada do colombiano e também ajudou neste processo para o retorno do meia ao elenco. O veterano também acabou sendo o responsável por armar o encontro entre James Rodríguez, os jogadores e a comissão técnica, para que ele se desculpasse.

Contudo, o clima entre James e o restante do elenco sempre foi bom. O meia, mesmo depois de ter pedido para sair, mostrou comprometimento nos treinamentos, não criou um clima ruim no CT da Barra Funda e se manteve querido pelos companheiros.

"Ele pediu desculpas, quer jogar no São Paulo.  Ele conversou com o treinador, pediu desculpas e a gente entendeu", disse Muricy Ramalho, em live no canal dos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi.

O que pegou mal dentro do elenco são-paulino foi a recusa de James de viajar para BH, para acompanhar a disputa da Supercopa Rei do Brasil. Ciente de que não estaria na lista de relacionados, o meia decidiu não viajar com a delegação. A cena não foi bem recebida no plantel, já que outros jogadores que estavam lesionados, como Rodrigo Nestor e Igor Vinícius, viajaram normalmente.

James Rodríguez vai da rescisão a oportunidade no Paulistão

James e São Paulo vinham discutindo uma rescisão amigável. O jogador até topava não receber os meses que não seriam cumpridos de seu contrato, mas não abriria mão de valores que deveria ter recebido desde quando chegou. O atleta acredita que teria que receber cerca de R$ 10 milhões do Tricolor.

Desta forma, o São Paulo decidiu não inscrever o jogador no Campeonato Paulista. O clube, inclusive, não considerava a possibilidade de o jogador permanecer e a saída era iminente. Contudo, o pedido do meia não só pegou a diretoria de surpresa, como viu uma oportunidade de ter um atleta de elite em seu plantel para a temporada.

O colombiano não pode ser inscrito no Estadual neste momento. O Tricolor só pode inscrever o atleta no mata-mata, caso se classifique ou se um outro jogador do elenco se lesione e não jogue mais a competição, o que não é o caso neste momento.

À espera de um recomeço, James Rodríguez, que ainda não jogou em 2024, vai manter sua camisa 55. Antes de pedir para sair, o meio-campista havia sugerido a alteração para que a soma dos números se tornasse o 10, utilizado por Luciano.

Atualmente com 32 anos, James chegou ao São Paulo no meio de 2023. Desde então, disputou apenas 14 partidas, marcando um gol e dando três assistências. Ele fez parte do elenco campeão da Copa do Brasil no ano passado, mas não entrou em campo nenhuma vez na atual temporada.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade