PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Palmeiras vence a Católica e pega o São Paulo nas quartas

Clube paulista venceu o rival por 1 a 0 em partida realizada no o Allianz Parque nesta quarta-feira, 21

21 jul 2021 21h29
| atualizado às 21h40
ver comentários
Publicidade

Nesta quarta-feira, o Palmeiras voltou a vencer a Universidad Católica por 1 a 0, dessa vez no Allianz Parque, e garantiu a vaga nas quartas de final da Libertadores. Na próxima fase do torneio, o Verdão terá pela frente o clássico contra o São Paulo. O único gol do time comandado por Abel Ferreira foi marcado por Marcos Rocha.  

O primeiro tempo foi inteiramente dominado pelo Palmeiras. Antes de abrir o placar, os mandantes acertaram o travessão e pararam em boas defesas do goleiro da Católica. Aos 35 minutos, Marcos Rocha mostrou oportunismo em rebote e fez o gol para o Palmeiras.   

Palmeiras enfrentará o São Paulo pela Libertadores
Palmeiras enfrentará o São Paulo pela Libertadores
Foto: Vinicius Nunes / Gazeta Press

Na etapa final, o cenário não foi muito diferente. Com muito volume ofensivo, o time paulista dominou as ações e desperdiçou diversas oportunidades, perdendo a chance de emplacar uma goleada sobre a Católica. Pérez, goleiro dos chilenos, teve grande atuação no Allianz.

Os jogos entre Palmeiras e São Paulo, pelas quartas da Libertadores, ainda não têm datas definidas. Como teve melhor campanha na fase de grupos, o clube paulista disputará o segundo jogo no Allianz Parque. O próximo compromisso do time paulista é contra o Fluminense, no sábado, às 19h, em casa, pelo Campeonato Brasileiro.

O jogo - A primeira chance da partida foi da Católica, que começou o jogo pressionando. Após bola levantada para dentro da área, Zampedri emendou um belo voleio e exigiu defesa de Weverton. A resposta do Palmeiras veio com Deyverson, que aproveitou cruzamento de Scarpa pela esquerda e desviou de cabeça com perigo.

Na sequência, o Palmeiras teve duas grandes chances no mesmo lance. Wesley avançou pela direita, cortou para dentro e finalizou, parando em defesa do goleiro. No rebote, Deyverson pegou de primeira e mandou no travessão. Depois, Danilo fez belo lançamento para Wesley, que saiu na cara de Pérez e chutou em cima do arqueiro, desperdiçando oportunidade importante.

Scarpa bateu escanteio pela esquerda, e Deyverson subiu dentro da área para testar e exigir nova intervenção de Pérez. Aos 35 minutos, o Palmeiras conseguiu abrir o placar. Após boa trama pela esquerda, Raphael Veiga acertou chute na trave. No rebote, Marcos Rocha pegou mascado na bola e mandou para as redes.

Segundo tempo

No retorno do intervalo, a primeira chance foi do Palmeiras. Marcos Rocha desceu pela direita e cruzou na medida para Renan, que chegou batendo e acertou o peito do goleiro da Católica. Depois de bate e rebate dentro da área, Valencia tocou de cabeça e quase deixou tudo igual no Allianz.

Dudu, que entrou no segundo tempo, deu belo passe para Danilo, que invadiu a área e chutou torto. Em seguida, Breno Lopes encontrou Zé Rafael na área, e o meio-campista encheu o pé, parando em Pérez.

Deyverson teve a chance de fazer o segundo do Palmeiras, recebendo passe de calcanhar de Dudu, porém chutou em cima da marcação. Em seguida, Zé Rafael arriscou finalização de fora da área e viu Pérez fazer nova defesa. Sem sofrer defensivamente, o Verdão garantiu a classificação com tranquilidade.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 X 0 UNIVERSIDAD CATÓLICA-CHI

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data: 21 de julho de 2021, quarta-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Alexis Herrera (VEN)

Assistentes: Carlos Lopez e Jorge Urrego (ambos da VEN)

VAR: John Ospina (COL)

Cartões amarelos: Marcos Rocha, Felipe Melo, Dudu, Renan, Weverton (Palmeiras); Parot, Zampedri (Católica)

GOLS

Palmeiras: Marcos Rocha (35 minutos do 1º tempo)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Gustavo Gómez, Felipe Melo (Kuscevic), Renan; Danilo, Zé Rafael, Gustavo Scarpa, Raphael Veiga (Dudu); Wesley (Breno Lopes) e Deyverson (Gabriel Verón).

Técnico: Abel Ferreira

CATÓLICA: Sebástian Pérez; Rebolledo (Asta-Buruaga), Lanaro, Huerta, Parot (Montes); Saavedra (Francisco Silva), Juan Leiva (Nuñez), Felipe Gutiérrez (Buonanotte); Fuenzalida, Valencia e Zampedri.

Técnico: Gus Poyet

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade