PUBLICIDADE

Motociclismo

Pramac fala em "buscar primeiras posições" e impõe metas altas para MotoGP 2023

Paolo Campinoti, chefe da equipe, falou que o objetivo é um só: ainda que sejam um time satélite, a ideia é mostrar que eles possuem ideias e metas independentes

25 jan 2023 - 16h04
Compartilhar
Exibir comentários
A moto da Pramac em 2023
A moto da Pramac em 2023
Foto: Pramac / Grande Prêmio

Com a GP23 já apresentada nas cores da Pramac, a expectativa para a temporada 2023 da MotoGP é grande. Paolo Campinoti, chefe da equipe, falou que o objetivo é um só: ainda que sejam um time satélite, a ideia é mostrar que eles possuem ideias e metas independentes. Ou seja, vão lutar por vitórias e sempre pelos primeiros lugares.

"O objetivo deste ano é o mesmo que estabelecemos no início de cada temporada:: ser a melhor equipe independente e mostrar a todas as equipes de fábrica! As últimas temporadas mostraram ao mundo que nossa equipe é uma verdadeira jogadora na MotoGP, que nossos pilotos buscam constantemente as primeiras posições e que os membros da equipe nos tornam um dos mais invejados no paddock. Como chefe de equipe, não poderia pedir mais", disse ele.

Relacionadas

Alonso destaca energia e motivação da Aston Martin: "Atmosfera muito especial"

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Zarco, Martín e Borsoi
Zarco, Martín e Borsoi
Foto: Pramac / Grande Prêmio

"Tenho orgulho do meu pessoal, do que nos tornamos, e a colaboração com a Prima [patrocinadora principal] certamente nos deu um impulso extra. Em breve estaremos na pista para os testes do início da temporada. Mal posso esperar para ver o que esta temporada trará", seguiu.

A estrutura agora chefiada por Gino Borsoi será a única a contar com as motos do ano, já que Gresini VR46 terão as máquinas do ano passado. E ele se mostra confiante para seu novo desafio.

"A temporada de 2023 será a minha primeira com a equipe Pramac. Não acho coincidência que '23' sempre tenha sido um número significativo para mim, mesmo quando eu estava correndo. Esperemos que seja um bom presságio. Nos testes em Valência, já conhecia todos os caras e pilotos. Minhas primeiras impressões foram muito encorajadoras, fiquei muito satisfeito. Você não pode dar nada como certo neste mundo - nunca - mas tenho certeza de que faremos o possível", encerrou Borsoi.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade