0

Herói do título, CR7 agradece Real por "ano de sonho"

Português foi eleito o melhor jogador do Mundial de Clubes após marcar três gols na decisão

18 dez 2016
12h15
atualizado às 13h00
  • separator
  • comentários

Autor de três gols na decisão do Mundial de Clubes, Cristiano Ronaldo se mostrou satisfeito com seu rendimento na partida e o resultado do ano de 2016 para ele e para o Real Madrid. Os madrilenhos venceram o Kashima na prorrogação por 4 a 2 e se sagraram pentacampeões.

"Sofremos muito, mas para ganhar tem que sofrer. Terminamos o ano da melhor maneira. Impressionante. Não esperava acabar assim, com três gols, ganhando a final e ajudando o Real Madrid. Estou muito feliz", disse.

Apagado durante boa parte do jogo, ele foi decisivo na prorrogação e sacramentou o título da equipe de Zinedine Zidane. No entanto, Cristiano garantiu que não se importa com as críticas.

"Sempre se espera mais do Cristiano. Mas quando não dou mais é porque não posso. As estatísticas não enganam, como disse, estou muito feliz, tem sido uma temporada espetacular para o time do Real e da seleção portuguesa. Estou acostumado com as críticas, sempre demostro minha qualidade em campo e não joguei. Assim que devo continuar fazendo meu trabalho, ganhando títulos e fazendo gols".

Ele terminou agradecendo seus companheiros e disse que 2016 foi perfeito para ele. O português ganhou a Liga dos Campeões, o Mundial, uma Eurocopa com sua seleção e o prêmio Bola de Ouro.

"É uma semana de muita alegria com a Bola de Ouro e esse Mundial. Um ano de sonho, perfeito. Quero agradecer aos meus companheiros, porque sem eles não poderia ganhar os títulos individuais. Foi um ano inesquecível a nível coletivo e individual. Eleger um é difícil, mas a Eurocopa tem um sabor especial porque foi a primeira vez"

Cristiano Ronaldo marcou três gols contra o Kashima (Foto: AFP)
Cristiano Ronaldo marcou três gols contra o Kashima (Foto: AFP)
Foto: Lance!

.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade