PUBLICIDADE

Vitória desabafa: "Sem patrocínio e com salários atrasados"

Eliminada na prova dos 200m rasos, velocista brasileira lamenta dificuldades enfrentadas em sua preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio

1 ago 2021 23h42
| atualizado em 2/8/2021 às 00h07
ver comentários
Publicidade

O dia de disputas do atletismo não começou bem para o Brasil na Olimpíada. No estádio Olímpico de Tóquio, Vitória Rosa e Ana Carolina Azevedo não conseguiram se classificar para as semifinais dos 200m rasos feminino e o País não terá representantes na final da prova.

Vitória Rosa não fez boa prova e está fora das finais dos 200m rasos (Wagner Carmo/Panamerica Press/CBAt)
Vitória Rosa não fez boa prova e está fora das finais dos 200m rasos (Wagner Carmo/Panamerica Press/CBAt)
Foto: Lance!

Depois de correr a sua bateria classificatória, Vitória desabafou ao lamentar a sua eliminação e revelou as dificuldades que enfrentou durante a sua preparação para os Jogos.

"A gente trabalha sem patrocínios, com salários atrasados... Queremos chegar aqui e esperamos fazer um bom tempo, fazer tudo certo... Esse último ano na pandemia foi muito difícil e eu acabei tendo uma lesão no tornozelo por stress", afirmou a velocista em entrevista ao SporTV.

Ana Carolina fez boa prova, terminando em 23s20, seu melhor tempo no ano, mas mesmo assim o resultado não foi suficiente para avançar à próxima fase da competição na capital japonesa.

A brasileira terminou em quinto lugar na primeira bateria, na qual apenas as três primeiras colocadas avançam. Na outra bateria, Vitória ficou apenas na sexta colocação, com o tempo de 23s59.

 

Lance!
Publicidade
Publicidade