PUBLICIDADE

Torben Grael celebra ouro de Martine e Kahena após percalços

Técnico da dupla - e pai de Martine - cita situações adversas enfrentadas pelas bicampeãs olímpicas antes de consagrarem nos Jogos de Tóquio

3 ago 2021 03h16
| atualizado às 03h24
ver comentários
Publicidade

Torben Grael teve felicidade em dobro nesta terça-feira com o ouro de Martine Grael e Kahena Kunze na classe 49erFX nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pai de Martine e técnico da dupla, ele, que subiu cinco vezes ao pódio em Olimpíadas, comemorou e valorizou a conquista após diversas dificuldades enfrentadas pelas brasileiras durante a competição.

Torben Grael é técnico da dupla Martine e Kahena, ouro na classe 49erFX nos Jogos Olímpicos de Tóquio (Sailing Energy / World Sailing)
Torben Grael é técnico da dupla Martine e Kahena, ouro na classe 49erFX nos Jogos Olímpicos de Tóquio (Sailing Energy / World Sailing)
Foto: Lance!

"É um momento muito especial. Foi uma Olimpíada em que não foi tudo suave, tudo correu bem, tudo deu certo. Elas tiveram aquela primeira regata em que estavam ganhando, tiveram problema e acabaram em 15º. Depois bateram na boia numa largada, tiveram penalidade, bateram na outra equipe. Depois tomaram penalidade na largada de novo", relembrou Torben em entrevista à TV Globo .

"Estava difícil. Mas elas foram remando, foram remando, conseguiram chegar na última regata empatadas na liderança. E hoje elas foram realmente especiais. Elas são muito boas com pressão e mostraram outra vez isso hoje", festejou em seguida.

Com a vitória de Martine e Kahena, a vela brasileira mantém assim a tradição de ir ao pódio nos Jogos. Esta foi a 19ª medalha do Brasil na modalidade em Olimpíadas: foram até hoje oito ouros, três pratas e oito bronzes. É o esporte que mais rendeu medalhas douradas ao País no evento. Nove dessas medalhas foram conquistadas pela família Grael.

 

Lance!
Publicidade
Publicidade