PUBLICIDADE

Sem pódio, Zanetti avalia erro nas argolas: 'Fui para o tudo ou nada'

Ginasta brasileiro de 31 anos também falou sobre o futuro após a Olimpíada de Tóquio

2 ago 2021 07h00
| atualizado às 07h20
ver comentários
Publicidade

Campeão olímpico em 2012 e medalha de prata em 2016, Arthur Zanetti deixa os Jogos Olímpicos de Tóquio sem pódio. O brasileiro fez boa apresentação na final das argolas nesta segunda-feira, mas acabou errando a chegada, o que interferiu na nota de 14.133, que o deixou na 8ª posição. O ginasta comentou a performance em entrevista à 'TV Globo'.

Arthur Zanetti ficou sem pódio nos Jogos Olímpicos de Tóquio (Lionel BONAVENTURE/AFP)
Arthur Zanetti ficou sem pódio nos Jogos Olímpicos de Tóquio (Lionel BONAVENTURE/AFP)
Foto: Lance!

- A gente já fez o nosso papel, lá em 2012. O que viesse a partir de então era lucro. A gente foi para o tudo ou nada. Se a gente fizesse na rotina, não subiria no pódio. A gente aumentou a nota de partida com a saída, que é muito difícil. Tentamos, arriscamos. Dessa vez não deu certo, mas é trabalhar para o futuro - disse, antes de emendar:

- Agora eu não penso mais nada, só estou querendo dar uma descansada. Não sei do ano que vem, não sei desse ano. Agora é dar uma relaxada na cabeça, não no corpo. A mente está precisando, Olimpíadas desgastam demais - disse o brasileiro.

Lance!
Publicidade
Publicidade