PUBLICIDADE

Rayssa Leal posta foto com Tony Hawk: 'Um sonho'

Skatista de 13 anos encontra ícone da modalidade antes da estreia neste domingo; masculino inicia neste sábado

24 jul 2021 15h40
| atualizado às 15h51
ver comentários
Publicidade
Rayssa Leal publicou nas redes sociais encontro com Tony Hawk em Tóquio
Rayssa Leal publicou nas redes sociais encontro com Tony Hawk em Tóquio
Foto: Instagram / Rayssa Leal / Estadão

Modalidade estreante nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, o skate gera expectativa pelas competições em si, mas também pelo que acontece fora das pistas. Neste sábado, 24, Rayssa Leal, a Fadinha, publicou uma foto ao lado do Tony Hawk, maior skatista de todos dos tempos, na pista do Ariake Urban Sports Park, em Tóquio.

"Há 6 anos ele me apresentava pro mundo do skate compartilhando meu video vestida de fadinha, hoje me filmou nas olimpíadas. Isso tudo é muito incrível, estou vivendo um sonho", escreveu a skatista de 13 anos, a mais nova da delegação brasileira nos Jogos de Tóquio.

O norte-americano ainda publicou vídeo com os treinos da skatista e de outros membros da delegação brasileira. Vencedor de 12 campeonatos mundiais de vertical, dez edições dos "X Games" e mais três mundiais de Street Style, Hawk é um ícone da modalidade. Em entrevista exclusiva ao Estadão em 2019, ele afirmou que a "Olimpíada era a oportunidade que faltava para o skate alcançar uma audiência internacional gigantesca".

O skate fará a sua estreia olímpica neste sábado. A equipe masculina do Brasil vai ser a primeira a entrar em ação, às 21h (horário de Brasília) com Felipe Gustavo, Giovanni Viana e Kelvin Hoefler. O time feminino estreia domingo com Pâmela Rosa, a própria Rayssa e Letícia Bufoni.

A modalidade tem duas categorias. A street se caracteriza por simular a paisagem urbana, de rua mesmo. Os atletas fazem manobras num cenário que remete a bancos, escadas, corrimões e calçamentos. No ranking olímpico, Pâmela Rosa é a líder, seguida de Rayssa Leal. Entre os homens, o mais bem colocado é Kelvin Hoefler, quarto classificado no ranking mundial olímpico masculino.

Já a categoria park reúne outros elementos, como rampas de diversos tamanhos e raios, além de bowls (pistas com formato de piscina). O País vem dominando a modalidade nos últimos anos. Estados Unidos e Japão também são fortes candidatos na briga pela medalha de ouro.

Estadão
Publicidade
Publicidade