PUBLICIDADE

Evandro, do vôlei de praia, é flagrado em festa clandestina às vésperas de Olimpíada

Evandro ignorou a recente internação do companheiro Bruno Schmidt por Covid-19. Atleta pode ser punido pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV)

27 jun 2021 17h20
ver comentários
Publicidade
Evandro flagrado em festa com aglomeração (Foto: Reprodução/Instagram)
Evandro flagrado em festa com aglomeração (Foto: Reprodução/Instagram)
Foto: Lance!

A 26 dias da Olimpíada de Tóquio, o atleta Evandro, do vôlei de praia, foi flagrado em uma festa clandestina na madrugada deste sábado, no Rio de Janeiro. Em fevereiro, seu parceiro Bruno Schmdit foi internado na UTI por complicações da Covid-19. O vídeo que prova a presença de Evandro foi publicado pelo perfil "Brasil fede Covid". A priori, o jogador inicialmente negou as acusações, mas voltou atrás e confirmou que esteve no local.

De acordo com o portal "ge', Evandro chegou a afirmar que a foto havia sido tirada em 2020, após a conquista da etapa de Doha no Circuito Mundial. O atleta decidiu se posicionar novamente conforme novos vídeos surgiam e confirmavam sua presença na aglomeração.

Em nota, Evandro se desculpou e prometeu não repetir o erro.

- Assumo que cometi um erro ao minimizar os riscos de contaminação da COVID. Em um momento de alegria por conquistas pessoais, me excedi e frequentei um evento no Rio de Janeiro. Entendo que não poderia ter colocado a minha vida pessoal acima das necessidades coletivas exigidas pelo momento delicado que vivemos por conta da pandemia. Também errei ao tentar negar o fato inicialmente, assustado pela repercussão, mas já entendi a gravidade da minha atitude. Peço desculpas e me comprometo a não mais cometer este erro - afirmou.

Evandro flagrado em festa com aglomeração (Foto: Reprodução/Instagram)
Evandro flagrado em festa com aglomeração (Foto: Reprodução/Instagram)
Foto: Lance!

A Confederação Brasileira de Vôlei e o Comitê Olímpico do Brasil ainda não se pronunciaram sobre o caso.

Lance!
Publicidade
Publicidade