PUBLICIDADE

"Na minha cabeça sou melhor que Messi e CR7", diz Mbappé

Atacante do PSG usa confiança alta como meio para se motivar antes das partidas

3 abr 2021 08h10
| atualizado às 08h37
ver comentários
Publicidade

Mbappé revelou um método um pouco usual que usa para se motivar antes da partidas: ter a confiança em alta e se considerar o melhor em campo, seja quem for que estiver do outro lado. O jovem atacante do PSG fez a revelação em entrevista à rádio RMC Sports.

Mbappé afirmou como faz para se motivar
Mbappé afirmou como faz para se motivar
Foto: Vasily Fedosenko / Reuters

"Sempre que entro campo digo a mim mesmo que sou o melhor, até quando enfrentei o Messi e o (Cristiano) Ronaldo. Eles são jogadores superiores a mim, fizeram muito mais que eu, mas na minha cabeça eu sou melhor que eles. Assim, não me imponho limites e tento simplesmente dar o meu melhor. Não estou à espera que as pessoas percebam, porque muitas vezes parece existir um preconceito relacionado com o ego", contou Mbappé.

"As pessoas dizem que o ego é não deixar um colega cobrar um pênalti, ser a pessoa que recebe o maior salário. Não é isso. Tem a ver com a tua preparação. É algo pessoal, que te leva a ultrapassar os limites, está muito para lá das coisas superficiais", opinou o atacante do PSG.

Na entrevista, Mbappé também repetiu críticas à imprensa francesa que fez após o último jogo da seleção. Segundo ele, a reclamações dos veículos de mídia seriam até levados em conta na hora de decidir se continua no PSG ou deixa a equipe.

"É claro que cansa, principalmente quando você joga por um clube do seu país, quando você dá tudo pela seleção. É diferente para jogadores que atuam no exterior, que só voltam à França para os jogos com a seleção. Eu estou lá o tempo todo, então falam muito mais. Veremos o que acontece. Claro que (os críticos) desempenham um papel, mas não é só isso. O mais importante é sentir-se bem onde estiver e se divertir todos os dias", afirmou o jogador de 22 anos.

Estadão
Publicidade
Publicidade