1 evento ao vivo

Del Nero critica "problema tático" de Felipão no 7 a 1

9 jan 2015
20h11
atualizado às 20h37
  • separator
  • 0
  • comentários

Marco Polo Del Nero encontrou um culpado para a histórica derrota do Brasil para a Alemanha, por 7 a 1, na semifinal da Copa do Mundo disputada em casa. Para o futuro presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o técnico Luiz Felipe Scolari errou na estratégia adotada naquela partida.

<p>Futuro presidente da CBF fez cr&iacute;ticas ao ex-t&eacute;cnico da Sele&ccedil;&atilde;o</p>
Futuro presidente da CBF fez críticas ao ex-técnico da Seleção
Foto: Jorge Adorno / Reuters

"É evidente que houve um problema tático. Fomos para cima da Alemanha e tomamos um gol de escanteio, uma coisa que não acontecia há muito tempo. Mas, depois, fiquei sabendo que a determinação era mesmo avançar. Aí, tomamos um gol atrás do outro", criticou Del Nero, empossado nesta sexta-feira para mais um mandato na Federação Paulista de Futebol (FPF) - a entidade ficará a cargo do vice Reinaldo Carneiro Bastos quando o presidente assumir a CBF, em abril.

Del Nero já havia se envolvido em polêmica com Felipão no final do ano passado, quando o técnico do Grêmio declarou que os representantes brasileiros na Copa Libertadores da América já estavam "escolhidos". O dirigente definiu o protesto como um "chororô" pela queda de rendimento do time gaúcho no Campeonato Brasileiro.

Apesar de considerar que Felipão deveria ter sido mais conservador diante da Alemanha, Del Nero não chegou a minimizar a Seleção Brasileira, hoje dirigida por Dunga. Ao contrário.

"Se jogarmos 20 vezes com a Alemanha, não perdemos assim. Temos mais vitórias sobre a Alemanha do que ela sobre nós. O Brasil está à altura do restante do mundo. Se não fosse assim, não teríamos nossos atletas nos grandes clubes europeus", argumentou Marco Polo Del Nero, sem deixar de lamentar o trauma do 7 a 1. "Foi triste, né? Uma tragédia total. É como você estar passando na rua e cair um ponto de ônibus na sua cabeça. Foi uma história negra do futebol brasileiro."

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade