PUBLICIDADE
Logo do Flamengo

Flamengo

Favoritar Time

Zico se emociona em palestra ao relembrar início da carreira no Flamengo

Maior ídolo do clube participou do encontro com categorias do sub-13 ao sub-20 B masculino, o sub-20 e o time profissional do futebol feminino

1 mar 2024 - 15h58
(atualizado às 16h10)
Compartilhar
Exibir comentários
—
Foto: Divulgação/Flamengo - Legenda: Zico com o filho Thiago, ex-meia do Flamengo, e Vitor Zanelli (VP da base), Carlos Noval (gerente da base e transição) e Luiz Carlos (gerente de futebol profissional do Flamengo) / Jogada10

Maior ídolo da história do Flamengo, Zico participou, na última quarta-feira (28), participou de uma palestra para os jovens do clube. Ela reuniu todas as categorias do sub-13 ao sub-20 B masculino (o time A está no Uruguai para a disputa da Libertadores) e o sub-20 e o time profissional do futebol feminino. Assim, Galinho de Quintino se emocionou ao relembrar o início da carreira.

"Foi muito emocionante porque lembrei exatamente do meu começo, da base. Lembrança boa da chegada, dos sonhos, de me imaginar jogando profissionalmente. Lembrei do meu tempo de torcedor, das dificuldades que passei. Cheguei aos 13 anos e só fui jogar uma competição dois anos depois",  disse ao portal ge.

Convite para a palestra

O gerente de futebol do Flamengo, Luiz Carlos, que até janeiro exercia a função de gerente geral da base, convidou o ex-jogador para a palestra. Na ocasião, o profissional conversou com Thiago Coimbra, filho de Zico e presidente do CFZ, sobre valores, porém o maior ídolo do clube se recusou a cobrar.

Além disso, marcaram presença Carlos Noval, gerente de futebol de base e transição, Vitor Zanelli, vice-presidente de futebol de base, feminino e futsal, e o ídolo Filipe Luís, treinador do sub-17.

Emocionado e feliz

Em entrevista ao canal podcast "Fala, João!", do narrador João Guilherme, Zico relatou que ficou feliz por ver o preparo físico dos garotos que têm a idade da época de sua chegada ao clube.

"Foi emocionante, fiquei nervoso. Porque não é fácil, foram 20 anos ali. Você vê aquela garotada toda uniformizada e toda bem preparada. A primeira foto lá sou eu pequenininho jogando, magrinho, a bola maior do que eu (risos). Eu falei para os garotos de 14 anos que eles pareciam que era do basquete (risos)", disse a João Guilherme.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade