PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Favoritar Time

Jesus, Gallardo, Carvalhal: Fla ignora técnicos brasileiros

Rubro-Negro quer um estrangeiro para a temporada de 2022

9 dez 2021 12h11
| atualizado às 13h21
ver comentários
Publicidade

Nem mesmo Cuca, recém-campeão brasileiro pelo Atlético-MG, ou qualquer outro figurão entre os mais tradicionais nomes à disposição no Brasil despertam algum interesse no atual vice da Libertadores. Por isso, o Flamengo trabalha para ter um técnico estrangeiro na temporada de 2022.

Jorge Jesus abraça Gabigol durante comemoração do título do Brasileiro de 2019
Jorge Jesus abraça Gabigol durante comemoração do título do Brasileiro de 2019
Foto: Andre Melo Andrade/MyPhoto Press / Gazeta Press

Jorge Jesus continua no radar, apesar de o Benfica ter avançado às oitavas de final da Champions League. Já Marcelo Gallardo anunciou oficialmente que continuará no River Plate.  Há a possibilidade de que o clube consiga trazer o português Carlos Carvalhal, do Braga - essas negociações estão em curso.

Nos últimos dias, até o nome do argentino Eduardo Berizzo, que comandou a seleção do Paraguai em 2021, passou a ser veiculado na Gávea.

Ou seja, depois de duas tentativas caseiras reprovadas, com Rogério Ceni e Renato Gaúcho, o Flamengo busca mesmo um treinador que venha de fora. A experiência com Renato foi decisiva. Ele frustrou todas as expectativas de dirigentes e torcedores do Rubro-Negro com seguidos erros em escalação e substituição e uma língua maior que a obra.

Até vir para o Flamengo, Renato era considerado o substituto natural de Tite na Seleção. Agora, ninguém tem como afirmar isso. Estão sem clube alguns dos mais conceituados técnicos brasileiros, como Luiz Felipe Scolari, Mano Menezes e Dunga. Os três já dirigiram a Seleção, mas nenhum deles se encaixa no perfil definido pela cúpula do Fla.

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Publicidade
Publicidade