PUBLICIDADE
Logo do Flamengo

Flamengo

Favoritar Time

Flamengo sai na frente, mas cede empate ao Millonarios em estreia na Libertadores

Com um a mais, Rubro-Negro empata com time colombiano por 1 a 1, em Bogotá

2 abr 2024 - 21h03
(atualizado às 22h06)
Compartilhar
Exibir comentários
Millonarios x Flamengo
Millonarios x Flamengo
Foto: RAUL ARBOLEDA/AFP via Getty Images / Esporte News Mundo

O Flamengo até abriu o placar em sua estreia na Libertadores, mas acabou cedendo o empate por 1 a 1 para o Millionarios, que teve um jogador expulso aos 16 minutos do segundo tempo. Em partida disputada em Bogotá, à 2650 metros acima do nível do mar, o Rubro-Negro teve sua defesa vazada pela primeira vez sob o comando de Tite em 2024. Pedro marcou de pênalti para os brasileiros, mas Daniel Ruiz igualou o placar para os adversários.

Tite surpeendeu na escalação, poupando Léo Pereira, Ayrton Lucas e Luiz Araújo. A expectativa era que Fabrício Bruno começasse no banco para entrada de Léo Ortiz, mas o treinador decidiu 'descansar' o outro zagueiro titular e escalou David Luiz. O meio-campista De La Cruz fora foi outra surpresa, porém o uruguaio apresentou febre na véspera do jogo e foi cortado da relação. Igor Jesus foi o escolhido para iniciar a partida como volante ao lado de Pulgar. Matías Viña e Bruno Henrique foram os escolhidos para jogar na lateral-esquerda e ponta-direita, respectivamente.

O Flamengo começou a partida com uma chance de abrir o placar, logo de cara. Aos 5 minutos do primeiro tempo, Everton Cebolinha alçou uma bola na área e Bruno Henrique passou para o lateral Vinã, que entrava livre e cara-a-cara com o goleiro. O uruguaio chutou de perda direita e acabou isolando a bola.

Logo 10 minutos após isso, o Rubro-Negro voltou a levar perigo para os donos da casa. Em uma jogada individual de Arrascaeta, o meia invadiu a áreafoi desramdo pelos zagueiros do Millinários. Entretanto, Bruno Henrique surgiu pela direita e recuperou a bola, para chutar cruzado e assustar o goleiro.

Com o decorrer do primeiro tempo, o Millionarios começou controlar um pouco mais a partida. Os colombianos exploraram bem os lados do campo, principalmente com os pontas Cataño, que levou vantagem nos duelos contra Viña.

O melhor momento dos colmbianos no primeiro tempo veio aos 36 minutos, com um cruzamento do lateral-esquerdo Alfonzo, que encontrou o atacante Castro livre entre os zagueiros. O cabeceio acertou a trave do goleiro Rossi, que sequer se moveu no lance.

O primeiro tempo pode ser dividio em duas partes, com o Flamengo sendo superior nos primeiros 20 minutos e o Millionarios tomando o controle da partida a partir de então. As explicações para essa inversão de papéis pode ser tática ou física, já que com 2650 metros de altitude, os jogadores do Rubro-Negro perderam intesidade após pressão inicial.

Também, devido ao rodÍzio no elenco, jogadores como Vinã, Igor Jesus e David Luiz foram titulares, após longo período sem iniciarem uma partida e estiveram abaixo do esperado no primeiro tempo. Por outro lado, alguns ajustes táticos dos colombianos podem ter sido a razão dos donos da casa encontrarem as melhores chances, principalmente pelo lado esquerdo da defesa do Flamengo.

Na volta do intervalo, Tite decidiu mudar e trocou Igor Jesus por Allan. O jovem volante entrou para substituir De La Cruz, que foi cortado do jogo com febre, e foi um dos pontos baixos do time.

Os primeiros 15 minutos do segundo tempo foram os mais 'mornos' da partida, sem chances de gol para ambas as equipes. Até que em um ataque despretencioso do Flamengo, a equipe perde a posse e consegue exercer uma boa pressão, obrigando a defesa do Millionarios a rifar a bola. Com isso, David Luiz ganhou a disputa aérea, em seguida passando para Pulgar, que inicialmente tentou um chute de longe, que rebateu na defesa, até que o chileno encontrou pelo passe para Arrascaeta, livre dentro da área.

Com uma grande chance para abrir o placar nos pés de Arrascaeta, o volante do Millionarios Larry Vásquez, fez o pênalti e acabou sendo expulso. Na cobrança, Pedro chutou alto no meio do gol e fez 1×0 para o Flamengo. Este é o décimo segundo gol do camisa 9 em 2024.

Com a vantagem no placar e um jogador a mais, o Flamengo aproveitou os espaços e passsou a dominar a posse de bola. Mesmo na altitude, o time de Tite optou por uma estratégia de 'se defender com a bola'. Com isso, a entrada de Allan se tornou ainda mais importante, adicionando qualidade na saídade de bola. Pedro acabou sendo substituido por Luiz Araújo, para que Bruno Henrique virasse o centroavante, com mais velocidade.

O plano vinha dando certo, até as entradas de Emerson Rodriguez e Daniel Ruiz, no Millionarios. A dupla entrou com bastante energia e na primeira oportunidade, o ex jogador do Santos empatou a partida. Na ponta-direita, Rodriguez levou a melhor no duelo contra Viña e cruzou para Ruiz, que finalizou livre perto da marca do pênalti, com a perna direita. Encerrando assim a sequência de 1134 minutos do goleiro Rossi sem sofrer gols.

Desde então, o Flamengo até tentou atacar com mais ímpeto, mas a equipe não aproveitou os espaços e não teve mais chances claras de gol. O Millionarios por sua vez se defendeu como pôde e dentro do possível ainda puxou alguns contra ataques no fim da partida. Em noite pouco inspirada, o Flamengo de Tite empata na altitude de Bogotá e marca um ponto na estreia da Libertadores 2024

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade