PUBLICIDADE
Logo do Cruzeiro

Cruzeiro

Favoritar Time

Cruzeiro sai atrás, mas arranca empate com Athletic Club pelo Mineiro

28 jan 2023 - 12h51
(atualizado às 14h03)
Compartilhar
Exibir comentários

O Cruzeiro recebeu o Athletic Club neste sábado, pela segunda rodada do Campeonato Mineiro, e não empolgou muito no início. No Estádio Independência, os donos da casa saíram atrás, mas Nikão arrancou o empate e o placar foi fechado em 1 a 1.

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro / Gazeta Esportiva

Com o resultado, a Raposa segue na liderança do Grupo C, com quatro pontos. A equipe começou com vitória no Estadual e segue invicta. Na primeira rodada, superou o Patrocinense por 2 a 1.

O compromisso seguinte do clube na temporada é no próximo sábado, contra o América-MG, às 16h30 (de Brasília), fora de casa.

Já o Athletic segue o mesmo cenário, mas no Grupo A. O time também venceu no primeiro compromisso, contra a Tombense, por 3 a 1. Na próxima sexta, a equipe visita o Democrata às 20h30.

Marcação frágil e Athletic na frente

O primeiro tempo não foi de muita positividade para o Cruzeiro. Os donos da casa tiveram dificuldades em marcar o adversário e, apesar de terem as melhores chances nos minutos iniciais, não conseguiram ser certeiros.

Aos quatro, Neto Moura lançou na área e Wesley subiu de cabeça, mas o goleiro ficou com a bola. Nas sequência, Nikão cobra escanteio e Denivys novamente foi decisivo para não ser vazado.

Até que aos 11 o placar foi estreado. Vinícius Silva desceu pela esquerda e fez um cruzamento perfeito para Welinton Torrão mandar de cabeça e abrir o marcador para o Atheltic Club.

A Raposa melhorou nos últimos minutos, mas não conseguiu ser promissora como os torcedores esperavam. Próximo aos acréscimos, Rafael Bilú recebeu pela esquerda e cruzou. Wesley finalizou, mas a bola passou rente à trave.

Entre outras chances desperdiçadas, uma foi com Bruno Rodrigues. Após Nikão não dominar na área, o camisa tentou bater rasteiro, no entanto mandou para fora.

Raposa arranca empate e segura o placar com um a menos

Em um cenário bem diferente, os times voltaram a campo para um confronto agitado desde o início.

Logo aos quatro minutos o VAR chamou o árbitro para revisão de um lance. Por conta de um toque de mão de Vinícius Silva na dividida com Nikão, o juiz apitou para a marca da cal e anotou a penalidade. O próprio Nikão foi a bola e empatou a partida.

Na metade da etapa, Matheus Davó foi expulso direto. O atacante deu uma entrada muito dura em Lucas Balardin e o juiz aplicou o cartão vermelho.

A contagem não mudou até o apito final, mas o Cruzeiro dava muita liberdade ao adversário para descer ao ataque. O Athletic teve três belas chances pela direita, mandando pancadas para o gol, porém a bola não foi ao alvo.

Durante os nove minutos de acréscimo, a Raposa tentou até o fim, mas sem sucesso. O melhor lance foi no contra-ataque de Daniel Júnior, que passou para Juan Christian em uma arrancada. O jogador chegou batendo e a bola passou muito perto do gol.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 X 1 ATHLETIC CLUB

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (Minas Gerais)

Data: 28 de janeiro de 2022, sábado

Horário: 10h30 (de Brasília)

Árbitro: Antônio Márcio Teixeira da Silva (MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Fernanda Nandrea Gomes Antunes (MG)

VAR: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG)

Cartões amarelos: Wesley, Rafael Bilu e Paulo Pezzolano (Cruzeiro); Diego Fumaça, Lucas Balardin e Douglas Silva (Athletic Club)

Cartões vermelhos: Matheus Davó (Cruzeiro)

Gols:

CRUZEIRO: Nikão, aos 6' do 2ºT

ATHLETIC CLUBE: Welinton Torrão, aos 11' do 1ºT

CRUZEIRO: Rafael Cabral, Wesley Gasolina (Ramiro), Lucas Oliveira, Eduardo Brock e Ian Luccas; Wallisson (Igor Formniga), Neto Moura e Nikão (Juan Christian); Rafael Bilu (Matheus Davó), Wesley (Daniel Junior) e Bruno Rodrigues.

Técnico: Paulo Pezzolano

ATHLETIC CLUB: Denivys, Patric (Douglas Silva), Danilo, Lucas Balardin e Vinícius Silva (Nathan); Diego Fumaça, Rômulo (Antônio Falcão), Vini Locatelli (Matheus Santos) e Welinton Torrão (Alason); Douglas Santos e Sassá.

Técnico: Roger Silva

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade