PUBLICIDADE
Logo do

Seleção do Chile

Meu time

Jogadores do Chile quebram protocolo sanitário e Conmebol abre processo disciplinar

21 jun 2021 11h56
ver comentários
Publicidade

Alguns jogadores da seleção chilena quebraram os protocolos sanitários estabelecidos pela Conmebol neste domingo para a disputa da Copa América, no Brasil. A Federação Chilena informou que um cabelereiro "furou" a bolha da concentração da equipe e se encontrou com alguns jogadores.

"A Federação Chilena de Futebol e a comissão técnica da Seleção Chilena reconhecem o rompimento da bolha sanitária da delegação que participa da Copa América, com a entrada não autorizada de um cabeleireiro que, apesar de ter PCR negativo, não deveria entrar em contato com os jogadores. Os envolvidos serão multados financeiramente", disse a Federação, em nota.

Além disso, a Conmebol se manifestou sobre o tema e informou que abrirá um processo disciplinar contra a Federação. "A Unidade Disciplinar da Conmebol, no exercício de suas atribuições e de acordo com o disposto no Art. 62 do Código Disciplinar da Conmebol, instaura processo disciplinar contra a Federação de Futebol Chilena com base na suposta prática do delito indicado no seção seguinte", assinalou em documento oficial.

Entre os jogadores do Chile envolvidos estão Arturo Vidal, Gary Medel, Eduardo Vargas, do Atlético-MG, e Charles Aránguiz, ex-Internacional. Os dois primeiros chegaram a publicar vídeos do encontro em suas redes sociais.

O Chile venceu a Bolívia na última sexta-feira por 1 a 0 e está na segunda posição do grupo A, com quatro pontos. A equipe também empatou em 1 a 1 com a Argentina, na estreia.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade