0

Receita cobra R$ 1,3 milhão de impostos de Dunga, diz jornal

25 jul 2014
08h50
atualizado às 08h54
  • separator
  • comentários

Segundo o jornal Folha de S. Paulo desta sexta-feira, o novo técnico da Seleção Brasileira, Dunga, deve R$ 907 mil à Receita Federal. O valor, calculado em 2007, é referente aos impostos sobre valores movimentados no exterior em 2002. Atualizada, a dívida chegaria a R$ 1,3 milhão.

<p>Valor seria referente a depósito feito no exterior em 2002; técnico diz que quantia foi paga por clube após empréstimo</p>
Valor seria referente a depósito feito no exterior em 2002; técnico diz que quantia foi paga por clube após empréstimo
Foto: Mauro Pimentel / Terra

Dunga chegou a apelar em instância interna da Receita, mas perdeu. Em novembro, um recurso do treinador foi derrotado no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) do Ministério da Fazenda. O Carf afirma haver indícios de que o capitão da Seleção Brasileira no título da Copa do Mundo de 1994 se valeu de operações inexistentes para pagar menos impostos.

De acordo com investigação citada pelo jornal, Dunga depositou R$ 270 mil em uma conta do Banco do Brasil no exterior, que não foi declarada ao fisco. O valor seria referente ao pagamento de um empréstimo feito por ele ao Jubilo Iwata, clube japonês pelo qual atuou, quatro anos antes.

Procurado pelo jornal para se pronunciar sobre o caso, Dunga rechaçou a autuação da Receita Federal, e ameaçou processar a publicação por quebra de sigilo fiscal. Além disso, em nota, criticou o que chamou de “abuso de autoridade” do fisco nacional, e afirmou que não há “nenhuma simulação para sonegar rendimentos”.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade