PUBLICIDADE
Logo do Botafogo

Botafogo

Favoritar Time

CPI no Senado vai averiguar 109 partidas com suspeitas de manipulação de resultados

Os senadores Jorge Kajuru e Romário vão liderar as investigações sob a manipulação de resultados. Textor deve ser um dos primeiros a depor

4 abr 2024 - 11h36
(atualizado em 10/4/2024 às 14h26)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado - Legenda: Kajuru (PSD-GO) e Romário (PL-RJ) serão os responsáveis por liderar as investigações / Jogada10

O Senado, recentemente, instituiu a CPI da manipulação de resultados de jogos de futebol. A Sportrader, empresa que lidera, a nível mundial, o segmento de tecnologia esportiva, aponta que há suspeitas de fraude em resultados de 109 partidas no ano passado. Os senadores Jorge Kajuru (PSD-GO) e Romário (PL-RJ) vão coordenar as investigações.

Assim, em entrevista à "TV Senado", Kajuru confirmou que a CPI deve começar a averiguar as suspeitas ainda em abril. A propósito, o congressista ressaltou que John Textor, dono da SAF do Botafogo, deve ser um dos primeiros convocados a depor. Afinal, o proprietário norte-americano voltou a fazer denúncias de manipulação de resultados em jogos de futebol nesta semana.

"Ele fez uma denúncia gravíssima, dizendo que ele tem a gravação de um árbitro cobrando a propina prometida. Só que ele não quer apresentar o áudio. Então, cadê. Ele vai ser convocado na primeira reunião", declarou Kajuru.

Textor já fez diversas denúncias

A afirmação do senador envolve uma acusação feita por Textor, no início de março, na qual ele cita um suposto episódio de corrupção com um árbitro do futebol brasileiro. Textor, em seguida, revelou alguns detalhes. Ele adiantou que a partida em questão seria de uma divisão inferior, e o juiz teria sotaque carioca.

Na última segunda-feira (1), o dono da SAF do Alvinegro trouxe novas acusações. Dessa vez, ele indicou que houve favorecimento ao Palmeiras nos últimos dois anos. Por sinal, os confrontos com Fortaleza e São Paulo na última edição da Série A são exemplos deste cenário, na visão do mandachuva. Contudo, Textor não apresentou provas, apenas utilizou como referência análises dos jogos por meio de inteligência artificial.

Sportrader indica 109 partidas suspeitas de fraude em resultados

A respeito do parecer que a Sportrader desenvolveu, há indicativos que 15 das 109 partidas que têm suspeitas de manipulação de resultados foram organizadas pela CBF. A principal delas é Londrina e Tombense, pela Série B de 2023. Os demais 94 jogos ocorreram em torneios estaduais. A Sportrader tem parcerias com a CBF, Conmebol, Fifa e Uefa.

Na opinião do senador Kajuru, é essencial uma solução urgente para este problema. Afinal, segundo ele, a manipulação de resultados influencia negativamente na paixão do brasileiro pelo futebol.

"Hoje, em cada lugar que eu chego, 10 pessoas conversam comigo e oito dizem que não vão mais aos estádios de futebol e que perderam uma vontade até de assistirem os jogos pela tevê porque a gente não sabe se aquele pênalti foi realmente cometido, né?", concluiu.

Anteriormente no país houve a criação da "Operação Penalidade Máxima II" pelo Ministério Público de Goiás, em fevereiro do ano passado. O movimento alcançou a terceira fase, com mandados de busca e apreensão em cinco estados: Goiânia, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Rio de Janeiro e São Paulo, mas sem prisões.

Ao todo, 13 jogadores receberam punições com a operação. Inclusive, o zagueiro Eduardo Bauermann, que defendia o Santos. O defensor recebeu punição da Fifa de 360 dias sem poder atuar.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade