PUBLICIDADE

Lando Norris larga em primeiro na sprint F1 em Interlagos

Inglês da McLaren supera Max Verstappen e parte da primeira posição na corrida curta. Acidente entre Ocon e Alonso causa bandeira vermelha

4 nov 2023 - 12h14
Compartilhar
Exibir comentários
Lando Norris larga em 1º na sprint de Interlagos
Lando Norris larga em 1º na sprint de Interlagos
Foto: McLaren / Twitter

Deu Lando Norris na sprint shootout, a rápida sessão de classificação que define o grid para a corrida sprint. O inglês da McLaren, que vive boa fase, marcou o tempo de 1min10s622, apenas 0s061 mais rápido que Max Verstappen, da Red Bull, e garantiu a posição de honra na largada da sprint.

A Red Bull ainda contará com Sergio Perez no pelotão da frente. O mexicano parte do 3º lugar, logo à frente da dupla da Mercedes, com George Russell em 4º e Lewis Hamilton em 5º.

A sessão foi marcada por um acidente entre Esteban Ocon e Fernando Alonso, ainda no primeiro terço de atividades. O francês da Alpine espalhou na Curva do Sol, tocou no Aston Martin de Alonso e foi para a parede. A sessão foi interrompida por cerca e meia hora para limpeza e remontagem da barreira de proteção.

Confira no detalhe como foi a classificação shootout em Interlagos.

A Red Bull não quis saber de perder tempo e mandou seus dois carros à pista logo de cara. Mercedes e Ferrari não tardaram em fazer o mesmo. Sainz tinha o melhor tempo da sessão, com 1min11s796, quando, a cerca de um minuto do fim, um acidente causou bandeira vermelha e abreviou a primeira parte da sessão.

Esteban Ocon vinha em volta rápida quando balançou na Curva do Sol, espalhou e acertou Fernando Alonso. O francês perdeu o controle, rodou e foi com força para a barreira de pneus. Alonso sofreu danos em sua roda dianteira esquerda, mas conseguiu retornar aos boxes.

Sem tempo para retomar a atividade, o SQ1 chegou ao fim. Além do próprio Ocon, que ficou em 16º, foram eliminados Stroll, Zhou, Albon e Sargeant.

Na segunda parte da sessão, os carros de Red Bull e Ferrari marcaram tempos bons logo de saída, ao contrário da Mercedes, que teve voltas ruins com seus dois pilotos. No fim, o mais rápido do SQ2 foi Norris, com 1min11s221, à frente de Perez e Verstappen. Magnussen, Hulkenberg, Gasly e Bottas não passaram para a fase final. Além deles, Alonso, que não foi a pista após o incidente na etapa anterior, ficou na mesma situação.

Na parte final, apenas uma chance para cada. Os 10 carros ficaram separados por apenas meio segundo (exatamente 0s567). Norris foi o mais rápido, com 1min10s622, seguido por Verstappen, Perez, Russell, Hamilton, Tsunoda, Leclerc, Ricciardo, Sainz e Piastri.

Parabólica
Compartilhar
Publicidade
Publicidade