PUBLICIDADE
Logo do Atlético-MG

Atlético-MG

Favoritar Time

Atlético-MG é denunciado por homofobia e pode ser excluído do Mineiro

O caso de homofobia foi praticado por parte de torcedores do Galo, que gritaram "bicha" quando o goleiro Rafael Cabral, batia tiro de meta

22 fev 2024 - 18h57
(atualizado às 19h09)
Compartilhar
Exibir comentários
Torcida do Galo em clássico para o Cruzeiro
Torcida do Galo em clássico para o Cruzeiro
Foto: Pedro Souza/Atlético-MG / Esporte News Mundo

O Atlético-MG foi denunciado pelo TJD - Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais por homofobia no clássico contra o Cruzeiro, na Arena MRV, na 3ª rodada do Campeonato Mineiro. O time corre risco de ser excluído do Campeonato Mineiro ou perder mando de campo e pontos.

>> Notícias do Atlético-MG

O caso de homofobia foi praticado por parte de torcedores do Galo, que gritaram "bicha" quando o goleiro adversário, Rafael Cabral, batia tiro de meta durante a partida.

"No momento da aplicação da pena, além da aplicação da multa descrita no art. 243-G, pleiteia-se a EXCLUSÃO do Atlético Mineiro SAF do campeonato, nos termos do art. 170, XI do CBJD, subsidiariamente, pleiteia-se a perda de pontos e perda de mando de campo, nos termos do art. 170, V e VII, ambos do CBJD"

A multa prevista no Código Brasileiro de Justiça Desportiva neste artigo é de R$ 100 a R$ 100 mil. Caso seja indeferido o pedido de exclusão do Campeonato Mineiro, o procurador solicitou a perda de mando de campo e pontos do Atlético.

Além do artigo da homofobia, o clube também foi denunciado por arremesso de objetos em campo, invasão e descumprimento do regulamento.

Por fim, o Atlético foi denunciado no art. 191, III, do CBJD, por não ter o número de profissionais da saúde e de ambulâncias necessárias para a partida, que teve mais de 42,5 mil torcedores. As denúncias foram feitas pelo procurador Felipe Bartolomeo Moreira.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade