PUBLICIDADE

Covid-19 pode atrapalhar 2ª temporada de 'Bridgerton'

'Há tantos figurantes, membros da equipe e é uma série muito íntima', explica Phoebe Dynevor

20 jan 2021 12h40
| atualizado às 14h05
ver comentários
Publicidade

Depois do sucesso da série Bridgerton, na Netflix, Phoebe Dynevor, intérprete da protagonista Daphne revelou acreditar que a segunda temporada da produção possa atrasar.

Phoebe Dynevor diz que não imagina como filmaria a 2ª temporada de Bridgerton na pandemia
Phoebe Dynevor diz que não imagina como filmaria a 2ª temporada de Bridgerton na pandemia
Foto: Instagram/ @phoebedynevor / Estadão Conteúdo

Em entrevista ao site norte-americano Deadline, a atriz de 25 anos explicou que não imagina como seria possível voltar às gravações em meio a pandemia. As filmagens da primeira temporada da série finalizaram em fevereiro de 2020, pouco tempo antes do isolamento social ser decretado.

"Não consigo imaginar como seria possível filmar nessas circunstâncias. Há tantos figurantes, tantos membros da equipe, e é uma série muito íntima. Fico perplexa como o falaríamos de acordo com as regras da covid-19, a menos que houvesse uma vacina de antemão", disse Phoebe.

De acordo com o Deadline, os produtores estão mais confiantes, sugerindo que a retomada das gravações aconteçam em março deste ano, porém a Netflix ainda não confirmou se haverá uma nova temporada.

Quando questionada sobre o que espera dos próximos possíveis episódios, Dynevor afirmou que não tem ideia do que será mostrado para o público. "Imagino que eles estão seguindo os livros, então seria focada na jornada de Anthony (Jonathan Bailey)", especulou. "Tenho certeza de que Daphne vai acabar se envolvendo [nessa trama]. Mas ainda estou me perguntando como tudo vai ser. Estou animada para descobrir", acrescentou.

Desenvolvida por Shonda Rhimes, Bridgerton é baseada nos romances da escritora Julia Quinn. Em poucas semanas de exibição, a produção se tornou a quinta série original mais vista na plataforma, segundo a Netflix.

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Veja também:

‘Os 7 de Chicago' relembra julgamento histórico nos EUA:

 

Estadão
Publicidade
Publicidade