PUBLICIDADE

Química romântica rouba a cena na estreia de 'Cara e Coragem'

Os casais protagonistas dão charme à comédia de ação que tem duas mulheres no comando atrás das câmeras

31 mai 2022 - 09h36
(atualizado às 18h02)
Ver comentários
Os protagonistas da trama: amor com dose de aventura
Os protagonistas da trama: amor com dose de aventura
Foto: Divulgação/TV Globo

É necessário ter uma dose extra de boa vontade com o enredo inicial de ‘Cara e Coragem’. Uma fórmula secreta capaz de salvar milhões de vidas – mas que pode virar uma arma de destruição em massa se cair nas mãos da indústria bélica – vai parar em uma caverna e precisa ser resgatada
 
Ok, vamos embarcar na ficção já que a realidade (pandemia de covid-19, guerra na Ucrânia com risco nuclear ao planeta, varíola dos macacos etc.) está igualmente quase inacreditável.
 
Na estreia da nova novela das 19h da Globo, o que chamou mesmo a atenção foi o entrosamento entre os dois casais principais. Clarice (Taís Araújo) e Ítalo (Paulo Lessa) vivem uma versão folhetinesca de ‘O Guarda-Costas’, filme de 1992 que emocionou o mundo com a química entre a cantora vivida por Whitney Houston e o segurança interpretado por Kevin Costner.

Primeiro casal negro protagonista desde Camila Pitanga e Lázaro Ramos em ‘Lado a Lado’ (2012/2013), Taís e Paulo – um belo galã com tranças rastafari – entregam tudo no olhar: paixão, desejo, medo, conflito.

A outra dupla à frente do elenco não fica atrás. Paolla Oliveira arrasa, como sempre faz, na pele da dublê Pat; assim como Marcelo Serrado convence como o dublê Moa. No primeiro capítulo, os personagens usaram o beijo técnico em cena para dar vazão a um sentimento reprimido.

Ela, casada com um homem doente e mãe de dois filhos, não quer cair na armadilha do coração. Ele, machucado na alma por um relacionamento anterior, sufoca o amor proibido pela colega a fim de não destruir uma família.

Certamente, boa parte do público vai torcer para que Pat traia ou abandone o lar doce lar a fim de se jogar nos braços do amigo de profissão. Pode ser um tapa na cara do Brasil conservador.

As cenas de ação e os efeitos especiais são um eficiente complemento à trama baseada em romances cheios de obstáculos morais. ‘Cara e Coragem’ oferece o escapismo efêmero que o telespectador tanto procura ao ligar a TV.

Outro destaque da estreia foi Ícaro Silva – massacrado nas redes sociais, meses atrás, ao se desentender com Tiago Leifert a respeito do ‘Big Brother Brasil’ – interpretando um vilão meio canastrão no estilo dos rivais de James Bond.

‘Cara e Coragem’ possui DNA feminino. Foi criada pela autora Cláudia Souto e tem Natália Grimberg como diretora artística.

Raramente se vê ao mesmo tempo duas mulheres nos principais cargos de comando de uma novela. E, no fundo, Taís Araújo e Paolla Oliveira são as protagonistas de fato. Ou seja, a atual faixa das 7 é a marca do empoderamento feminino. O mundo é mesmo delas.

'Cara e Coragem': veja os destaques da estreia da nova novela da Globo:

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade