4 eventos ao vivo

Aos 16, atriz de Boogie Oogie concilia estudos e carreira

Ela costuma gravar após a aula e estuda no carro ou nos intervalos de gravação

25 nov 2014
16h17
atualizado às 16h17
  • separator
  • 0
  • comentários

No tom de voz de Julia Dalavia percebe-se uma menina que ainda tem muito a aprender, mas que encara o trabalho com seriedade. O sonho de ser atriz começou cedo. Quando tinha apenas seis anos, ela pediu à mãe para fazer o curso de teatro. Mais tarde, estreou na TV como Rovena em O Cavaleiro Didi e A Princesa Lili, onde trabalhou com Eike Duarte, seu par romântico na trama de Manoel Carlos. Em sua primeira novela, teve como missão interpretar a personagem mais famosa do autor: Helena. Mesmo vivendo a mocinha de Em Família apenas na primeira fase do folhetim, a responsabilidade foi grande assim como a visibilidade, que gerou o convite para Boogie Oogie em seguida. "Não imagino melhor forma de ter começado", afirma. Atualmente, no ar como a jovem Alessandra da trama das seis, a atriz elogia a leveza de seu papel, que é bem diferente da protagonista vivida em sua estreia. "Minha personagem é uma adolescente que dá importância para situações que, para os jovens de hoje em dia, são bobas. Como, por exemplo, uma ida à praia, ao fliperama ou ao cursinho de inglês", conta.

Foto: Jorge Rodrigues Jorge/Carta Z Notícias / TV Press

Siga Terra Diversão no Twitter

Na trama, Alessandra tem uma paixão platônica por Rodrigo, vivido por Brenno Leone. Mas, como o rapaz tem namorada, a personagem acabou abandonando a ideia romântica que tinha com o surfista e começou a perceber Serginho, interpretado por João Vithor Oliveira. O que a garota não imagina é que seu melhor amigo, Otávio, de José Victor Pires, nutre sentimentos por ela que vão além da amizade. "Minha personagem deve descobrir os sentimentos do Otávio no decorrer da trama, mas, por enquanto, estou gravando apenas as cenas das demonstrações de ciúme do amigo quando Alessandra paquera outros garotos", diz. No folhetim de Rui Vilhena, Julia reencontrou Giovanna Rispoli, que interpretou a Shirley na primeira fase de Em Família e agora vive Cláudia, a implicante irmã de Otávio. Uma das cenas mais marcantes da trajetória de Julia foi a do afogamento no lago em que a personagem de Giovanna apenas assistiu à Helena de Julia se afogar. Em Boogie Oogie, uma sequência inverteu a situação. "Foi engraçado ver a cena se inverter e, dessa vez, eu estar assistindo à personagem da Giovanna se afogar", diverte-se.

Embora Boogie Oogie esteja longe de acabar, Julia já possui planos para depois da novela. Entre junho e julho de 2015, a atriz vai começar a gravar a nova sequência da comédia Até Que A Sorte Nos Separe em que interpreta Tetê, filha de Tino, personagem de Leandro Hassum. E já avisa que a personagem vai voltar bem diferente dos dois filmes anteriores da franquia, sem querer dar mais detalhes sobre a tal mudança. Julia teve uma das suas primeiras experiências com a câmera durante o longa e conta que isso a ajudou, inclusive, quando viveu Helena no folhetim de Manoel Carlos. "Aprendi muito com o elenco, com o diretor e com o autor nesse filme porque entrei em contato pela primeira vez com um 'set' de filmagem", reflete a atriz, que, na época do primeiro longa, tinha apenas 13 anos.

Com 16 anos, Julia tem de se dividir entre os estudos e as gravações de Boogie Oogie. Mas garante que conciliar as tarefas é fácil. Ela costuma gravar após a aula e estuda no carro ou nos intervalos de gravação. Com tranquilidade, o apoio da mãe e do colégio, Julia lida com as datas de entrega de trabalhos e provas sem muito estresse. "Meu colégio me apoia muito. Quando não posso comparecer por causa da gravação, posso fazer a segunda chamada da prova", explica.

Fonte: TV Press
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade