PUBLICIDADE

"Eu brigava para falar na Voz do Brasil", revela Bolsonaro

Presidente relata estratégia para conseguir espaço no programa e como usava fitas VHS para divulgar suas ideias

30 abr 2022 11h38
ver comentários
Publicidade
Bolsonaro lembra com nostalgia da era pré-internet
Bolsonaro lembra com nostalgia da era pré-internet
Foto: Fotomontagem: Blog Sala de TV

Na live do dia 28 de abril, Jair Bolsonaro contou uma história pitoresca de sua trajetória em Brasília. Na década de 1990, quando se elegeu deputado federal, ele chegava às 5h da manhã na Câmara para colocar seu nome na lista de discursos do dia.

O objetivo era garantir espaço no programa de rádio ‘A Voz do Brasil’, o mais antigo do País, criado em 1935 para divulgar notícias do governo e promover a classe política.

“Tinha um deputado que todos os dias era o primeiro da lista porque colocava o nome na noite anterior”, relembrou o presidente. “Só quem discursava (no plenário) tinha prioridade para ter um resumo do discurso na ‘Voz do Brasil’.”

Bolsonaro se tornou ouvinte fiel da atração radiofônica estatal quando era jovem. “No passado, o povo era viciado em ‘A Voz do Brasil’. Nos anos 60, eu tinha um radinho a pilha, e além do programa ‘Na Beira da Túia’ (de música sertaneja), na Rádio Bandeirantes, ouvia também ‘A Voz do Brasil’.”

Ele relatou outra tática para divulgar seus pensamentos e projetos. “No tempo em que não tinha internet, a gente gravava (com filmadora) aquelas VHS, e mandava pelos Correios para todo o Brasil. ‘Olha, assista ao vídeo aí’. Que evolução de lá para cá... Eu mandava 15, 20 fitas por mês, sobre um debate, algo que acontecia numa comissão, e pedia: ‘Passe para os amigos, repasse a fita’.”

O presidente aproveitou o momento saudosista para provocar o Supremo Tribunal Federal. “Hoje está bem diferente, e tem gente que quer voltar àquele tempo, cerceando, censurando as mídias sociais. Inadmissível.”

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade