2 eventos ao vivo
Logo do Blog Sala de TV
Foto: iStock

Blog Sala de TV

Telespectador adora assistir à desgraça alheia de camarote

Interesse público por dramas como o da ex-paquita Ana Paula reflete o desejo de fugir da própria realidade

15 mai 2019
15h18
  • separator
  • comentários

Se a grama do vizinho é sempre mais verde, espiar a infelicidade dos outros pode ser uma espécie de vingança. Moralmente condenável, sem dúvida.

Na língua alemã existe uma palavra para designar o prazer com o infortúnio de alguém: schadenfreude. Em tradução livre, ‘alegria ao dano’.

É o que sente parte das pessoas que acompanham pela TV o escândalo midiático protagonizado pela ex-paquita Ana Paula Pituxita e o ex-marido dela, o empresário José Roberto Barbosa.

Ana Paula e José Roberto: superexposição da intimidade acompanhada por milhões de anônimos julgadores
Ana Paula e José Roberto: superexposição da intimidade acompanhada por milhões de anônimos julgadores
Foto: Instagram / Reprodução

Os dois participaram do reality show Troca de Esposas, na RecordTV, no início deste ano.

Tal prazer deletério com o final colérico do casamento está registrado nas mensagens postadas em redes sociais e na área de comentários das matérias a respeito do caso. Alto teor de sadismo, falta de empatia e deboche.

Estamos diante de uma triste novela da vida real, com acusações múltiplas de ambas as partes: desde agressão física até automutilação com intenção criminosa.

Parece ainda um reality show, pois há vídeos com imagens dramáticas. 

Uma narrativa contada em detalhes – e com diferentes versões – em programas de TV, portais de notícias, canais no YouTube e outras plataformas, sempre com boa audiência.

Para esquecer um pouco das próprias mazelas, o público consome vorazmente a história.

Assistir ao declínio de alguém gera efeito anestésico em muita gente. Especialmente quando se trata de um famoso. “Antes ele do que eu.”

Mas deve-se tomar cuidado com tal desprezo pela dor alheia. Da mesma Alemanha de schadenfreude vem um ensinamento do filósofo Friedrich Nietzsche.

“Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você.”

Veja também:

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade