PUBLICIDADE

Nos bastidores, Dudu era o rei da simpatia e resiliência

Filho de Roberto Carlos dedicou a vida a promover a obra do pai e fez da gentileza o seu cartão de visitas

9 set 2021 11h34
ver comentários
Publicidade
Dudu Braga e Roberto Carlos: mais do que filho e pai, grandes amigos e companheiros de jornada
Dudu Braga e Roberto Carlos: mais do que filho e pai, grandes amigos e companheiros de jornada
Foto: Reprodução

Entrevistei Dudu Braga algumas vezes. As pautas sempre eram o programa de rádio ‘As Canções que Você Fez para Mim’, exclusivamente com músicas de Roberto Carlos, e o projeto social Meninos do Morumbi, com ensino de música, prevenção de doenças e terapia familiar. A cada nova conversa, ele se mostrava mais entusiasmado com suas atividades.

O sorriso aberto era a marca registrada do filho de Roberto Carlos. Reflexo de seu bom humor, com saborosa autoironia. Ele sabia rir das próprias limitações por conta da deficiência visual. Na época, tinha apenas 5% de visão de um olho e não enxergava nada do outro. Mesmo assim, fazia questão de conversar ‘olhando nos olhos’, oferecendo atenção máxima.

A paixão de Dudu pela vida era contagiante. Apesar de ver tão pouco do mundo ao seu redor, o radialista e produtor musical exalava alegria genuína simplesmente por existir. Filho do maior ídolo da música brasileira, ele não se importava de sempre perguntarem sobre o pai, às vezes deixando-o em segundo plano.

Nunca demonstrou se sentir subestimado. Pelo contrário: além de ser o fã número 1 de Roberto Carlos e seu maior divulgador, demonstrava orgulho crescente pelo “paizão”, como se referia ao cantor. Espirituoso, chegava a imitar a voz do ídolo – e caía na gargalhada. Diferentemente de muitos filhos condenados a viver à sombra de pais famosos, Roberto Carlos Segundo (apelido ‘Segundinho’) tinha luz suficiente para brilhar sozinho.

A resiliência desenvolvida na juventude, ao longo da batalha para tentar manter a visão, foi ampliada ao ser diagnosticado com câncer, enfrentar metástase e recidiva. Mesmo em tratamento, participava de lives para falar, com entusiasmo infinito, sobre a vasta obra do ‘Rei’. Solícito e sorridente. Artista da vida, Dudu Braga encarou a finitude iminente com coragem e discrição. Viveu apenas 52 anos, porém, com rara grandeza. Foi um prazer tê-lo conhecido.

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade