0

Busca por aulas de música crescem no Brasil em 69%, aponta aplicativo de contratação  

23 nov 2020
12h16
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A segunda quinzena de novembro tem um gosto especial para os amantes da música, pois é comemorada a semana musical, que encerrou neste domingo (22), que é marcado pelo Dia do Músico.

O público de apreciadores dos mais diversos tipos de música tem se intensificado nos últimos meses aqui no Brasil, como aponta o levantamento realizado pelo GetNinjas, maior aplicativo de contratação de serviços da América Latina.

Foto: Undefined | iStock / The Music Journal

De acordo com a pesquisa, houve um aumento de 69% na procura por aulas de música entre março e outubro deste ano, somando mais de 15 mil pedidos nos últimos meses.

"Percebemos ao longo desses últimos meses que as pessoas estão aproveitando mais o tempo em casa para retomar atividades que, com a rotina antes da pandemia, ficaram de lado, ou até mesmo iniciar novas atividades que sempre tiveram vontade, como aprender um novo instrumento musical", comenta Eduardo L'Hotellier, fundador e CEO do GetNinjas.

Ainda de acordo com o levantamento, as aulas de música mais procuradas no aplicativo são: canto, violão, teclado e piano.

De acordo com Luiz Camilo, professor de música em São Paulo cadastrado no GetNinjas, o crescimento na demanda de aulas online nos últimos meses impulsionou o desenvolvimento do seu empreendimento, um espaço musical. Do ponto de vista dos alunos do Luiz, o ensino EAD também está sendo proveitoso; Jéssica Melo, por exemplo, começou a aprender teclado em maio e mesmo que haja opção, a administradora não pretende se adaptar para a modalidade presencial.

Panorama da demanda por aulas

Desde o início de março, o GetNinjas tem monitorado os impactos da Covid-19 no setor de serviços. Apesar da demanda por aulas de música ter registrado esse aumento, a categoria Aulas - que abrange outras modalidades, como aulas de idioma, dança, meditação, entre outros - foi afetada pela crise entre março e abril deste ano. A categoria teve uma queda de 15,86%, entre os dias 24 a 30 de maio, em comparação com os dias 8 a 14 de março. A queda máxima foi de 36%, entre os dias 19 a 25 de abril, em comparação com o mesmo período do mês anterior.

Para instruir os profissionais cadastrados que ainda não estão acostumados com o formato de prestação online, o aplicativo criou também um guia para serviços remotos com diversas dicas e orientações de como realizar o serviço online, como facilitar o pagamento e, ainda, como proceder e negociar com o cliente caso seja imprescindível uma visita presencial, garantindo a segurança do profissional e do contratante.

O levantamento é baseado nos mais de 500 tipos de serviços que são oferecidos por mais de 1,7 milhão de profissionais cadastrados no aplicativo.

Desde o início de março, o GetNinjas dobrou a oferta de serviços online.

Veja também:

Dua Lipa desabafa sobre ansiedade causada pelas redes
The Music Journal The Music Journal Brazil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade