PUBLICIDADE

Ex diz que André Gonçalves agrediu verbalmente a filha

No Instagram, a atriz rebateu críticas e revelou que ele não paga pensão há dez anos

15 dez 2021 11h15
| atualizado às 12h23
ver comentários
Publicidade
Tereza e André viveram um relacionamento nos anos 90.
Tereza e André viveram um relacionamento nos anos 90.
Foto: Instagram/@terezaseiblitz/Globo/Fábio Rocha / Famosos e Celebridades

Tereza Seiblitz, mãe da filha mais velha de André Gonçalves, quebrou o silêncio sobre a dívida de pensão do ator com Manuela Seiblitz, de 22 anos. Nas redes sociais, a atriz afirmou que ele não paga a pensão há dez anos e o acusou de agressão verbal a filha.   

"Você não sabe o que está falando. Grosseiro e cruel como tantos pais que não assumem os custos dos filhos. Para seu governo, o pai da minha filha, que fez 22 anos, não paga pensão há 10 anos. Ela desistiu da cobrança. Foi verbalmente agredida por ele. Além disso, o advogado dele foi tão grosseiro que o mediador encerrou a sessão. Um conselho: se não pode ajudar, não atrapalhe", rebateu a crítica de um seguidor. 

Já nesta segunda-feira, 13, Manuela usou as redes sociais para mandar uma indireta ao pai que criticou a rigidez da lei que prevê prisão para aqueles que não possuem condições de pagar pensão. 

"Curiosidade do dia: Mais de 5,5 milhões de pessoas não têm pai no registro e cerca de 12 milhões de mães chefiam lares sozinhas no Brasil", postou a jovem nos stories do Instagram.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Manuela Maria (@manuseiblitz)

Ao Globo, o ator disse que não tem bom relacionamento com as filhas e que foi bloqueado por elas nas redes sociais. Além de Manuela, que assumiu o processo movido pela mãe com um valor de R$ 109 mil por pagamentos atrasados, Valentina, a outra filha, de 18 anos, fruto do relacionamento com Cynthia Benini, também cobra a dívida de R$ 13,5 mil, referente aos três meses de atraso

Ainda há outra ação, movida pela mãe de Valentina, que cobra mais de R$ 350 mil por falta de pagamentos anteriores. Eita! A prisão domiciliar do ator foi decretada e ele terá que usar tornozeleira eletrônica.

"Vou parar a carreira. Não vou suportar ser preso. Não tenho R$ 350 mil e nem R$ 110 mil. Não tenho salário fixo nem contrato com ninguém. Não sou uma pessoa má. Nunca fui com eles. Um filho fazer isso com o pai... Elas levam uma vida de rico e querem que eu sustente essa vida de rico. A gente entrou na Justiça, tentou a revisão, tentou acordo com as mães, e não foi aceito. O que me dói é que vem lá no processo 'pedido de prisão' e quem assina é o filho", encerrou o ator ao veículo. 

Famosos e Celebridades
Publicidade
Publicidade