PUBLICIDADE

Denílson diz que Belo ainda não pagou dívida de R$ 5 milhões

Ex-jogador trava uma longa batalha judicial contra o pagodeiro e classificou a situação como "surreal"

21 out 2021 09h41
ver comentários
Publicidade

Denílson voltou a falar sobre a dívida que Belo tem com ele. O pentacampeão afirmou que a pendência de 2004 ainda não quitada e que não sabe como uma pessoa pode "te dever e dormir tranquila".

Denílson trabalha como comentarista da Band
Denílson trabalha como comentarista da Band
Foto: Divulgação/Band

"A história do artista é surreal. É aquela que você olha e fala: 'Não é normal'. Não pode ser normal um cara te dever e dormir tranquilo. Peguei um café hoje, puxei a carteira, estava sem dinheiro. Perguntei quanto era. A tia disse que era R$6,50. Falei: 'Tudo isso um café com leite?'. Eu saí, fui no caixa eletrônico e fiquei preocupado para pagar logo", afirmou em entrevista ao podcast Flow Sport Club

"Eu ainda não vi nada (do dinheiro). E a gente está falando de umas 'picanhas com umas gordurinhas da hora'. O cara vive a vida normal, está por aí e está lindo para ele. Acho que tem gente que tem esse perfil, de achar que o certo é o errado. E a gente vive em um mundo em que você faz isso e está tudo bem. Mas não é. Não está tudo bem. Está tudo errado", completou.

O imbróglio começou quando Belo resolveu deixar o grupo Soweto, que era empresariado por Denílson, para seguir carreira solo. Em 2004, a Justiça decidiu que o pagodeiro deveria indenizar o ex-jogador. A dívida é estimada na casa de R$ 5 milhões.

"Então, o cara me deve, não me pagou ainda. A gente tentou fazer um acordo agora. Da parte dele, divulgaram que tinha feito o acordo e que estava pagando, que está tudo certo, ia parar com as penhoras do show. Parar por** nenhuma! Cantou, o bagulho vai cantar lá na porta também, vai chegar oficial de justiça. O 'bagulho está louco' ", explicou Denílson, negando que Belo tenha começado a pagar a dívida como divulgado ano passado pela equipe do músico.

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade