PUBLICIDADE

A Grande Entrevista | O que esperar do polêmico filme da Netflix?

Produção original da Netflix, A Grande Entrevista conta os bastidores de um programa que detonaria um dos maiores escândalos da história da realeza britânica

2 abr 2024 - 20h00
(atualizado em 3/4/2024 às 11h42)
Compartilhar
Exibir comentários

Um dos maiores escândalos da família real britânica desde a morte da Princesa Diana. É assim que a história descreve uma desastrosa entrevista concedida pelo Príncipe Andrew, Duque de York e irmão do Rei Charles III, para a rede BBC. Agora, esse momento ganha novo destaque com A Grande Entrevista, uma das principais estreias de abril na Netflix.

Foto: Divulgação/Netflix / Canaltech
A Grande Entrevista se concentra nos bastidores da escandalosa entrevista concedida pelo Príncipe Andrew à apresentadora Emily Maitlis sobre seu envolvimento com o abusador Jeffrey Epstein (Imagem: Divulgação/Netflix)
A Grande Entrevista se concentra nos bastidores da escandalosa entrevista concedida pelo Príncipe Andrew à apresentadora Emily Maitlis sobre seu envolvimento com o abusador Jeffrey Epstein (Imagem: Divulgação/Netflix)
Foto: Canaltech

A conversa entre a apresentadora Emily Maitlis (Gillian Anderson) e o príncipe (Rufus Sewell) acontece no auge das investigações e denúncias sobre o abusador condenado Jeffrey Epstein. Em quase uma hora de papo, Andrew não só diz que não se arrepende dos contatos que teve com o milionário, mas entra em diferentes contradições que complicaram ainda mais sua participação em todo o caso.

Enquanto o programa original, transmitido em 2019, pode ser visto na íntegra no YouTube, A Grande Entrevista tenta focar também nos bastidores da notícia. O foco principal é sobre um trio de mulheres que capitanearam a cobertura sobre as relações entre Epstein e o Príncipe Andrew, bem como as recusas e pressões da família real para abafar o caso e, depois, tentar limpar a própria barra.

Qual é a história de A Grande Entrevista?

A base do longa que estreia nesta semana na Netflix é o livro Scoops, da jornalista britânica Sam McAlister (Billie Piper). Ela participou ativamente da cobertura que começou em 2011, a partir do flagra de um encontro entre o príncipe e o magnata no Central Park, em Nova York, e durou anos até que a entrevista finalmente fosse ao ar.

Antes dela, vieram uma série de revelações e escândalos envolvendo as denúncias de abuso sexual de menores e tráfico de pessoas, pelos quais o magnata americano foi condenado e preso. Ele foi encontrado morto em sua cela em 2019, mas antes disso, o mundo testemunhou a abertura de uma série de documentos envolvendo figuras famosas de Hollywood, executivos de alto escalão e, no caso abordado aqui, membros do círculo interno da realeza.

À época, o Príncipe Andrew — bem conhecido de quem viu The Crown, inclusive — tentou ao máximo negar as relações com Epstein, ao ponto de afirmar que fotos ao lado de vítimas eram forjadas.

Na medida em que a justiça americana se aproximava de uma condenação, entretanto, a Coroa viu na entrevista que McAlister e Maitlis estavam tentando conseguir uma chance de contar o outro lado dessa história. Só que as coisas não saíram como a monarquia esperava.

Por que A Grande Entrevista foi polêmica?

A tentativa da realeza de limpar a barra de Andrew teve o efeito inverso. Durante a conversa, editada em pouco menos de uma hora, o príncipe contradiz depoimentos e declarações anteriores diversas vezes, além de tentar negar elementos que já eram fatos conhecidos à época.

Enquanto A Grande Entrevista real pode ser vista integralmente no YouTube, o filme da Netflix foca no trio de mulheres que a fizeram acontecer (Imagem: Divulgação/Netflix)
Enquanto A Grande Entrevista real pode ser vista integralmente no YouTube, o filme da Netflix foca no trio de mulheres que a fizeram acontecer (Imagem: Divulgação/Netflix)
Foto: Canaltech

Em uma das falas mais fortes, ele afirma não se arrepender de ter conhecido Epstein, já que os contatos e oportunidades quer surgiram por meio dele teriam o ajudado em sua vida pessoal. Ele admitiu ter se hospedado algumas vezes na casa do magnata, mas negou ter conhecido ou se relacionado com Virginia Giuffre, uma das principais testemunhas do caso, que teria 17 anos quando o conheceu e apareceu ao lado dele em fotos.

Já nos dias seguintes, o Duque de York viu seus assessores pessoais pedindo demissão um a um, o que incluiu sua secretária direta Amanda Thirsk (Keeley Hawes). Enquanto isso, no Parlamento e entre a população, se acumulava a pressão para que ele abandonasse completamente as funções públicas que ocupava.

Nos meses que se seguiram à Grande Entrevista, o Príncipe Andrew teve que renunciar ao cargo de representante especial do Reino Unido para comércio internacional e investimento. Ele também viu projetos dedicados ao empreendedorismo e até campeonatos de golfe que levavam seu nome perdendo investimentos e sendo cancelados, enquanto a família real tentava fazer com que ele desaparecesse da vida pública.

Em janeiro de 2022, Andrew foi acusado de agressão sexual por Giuffre, em um processo oficial movido na justiça dos Estados Unidos. Um acordo extrajudicial, entretanto, causou o arquivamento da ação, com o nobre pagando à vítima uma indenização de valor não revelado para que ela retirasse as queixas.

Quem está no elenco de A Grande Entrevista?

O trio de mulheres no centro da produção d'A Grande Entrevista é composto por Gillian Anderson (Arquivo X), Billie Piper (Penny Dreadful) e Keeley Hawes (Orphan Black), que interpreta a secretária direta do Príncipe Andrew. Ele, como dito, é interpretado por Rufus Sewell (Caleidoscópio), que está no elenco ao lado de Romola Garai (Vigil) e Aoife Hinds (Hellraiser: Renascido do Inferno).

De uma tentativa de contar o outro lado da relação entre o Príncipe Andrew e Jeffrey Epstein, A Grande Entrevista acabou detonando um escândalo que o removeria da vida pública (Imagem: Divulgação/Netflix)
De uma tentativa de contar o outro lado da relação entre o Príncipe Andrew e Jeffrey Epstein, A Grande Entrevista acabou detonando um escândalo que o removeria da vida pública (Imagem: Divulgação/Netflix)
Foto: Canaltech

O filme vem das mãos de profissionais já conhecidos por levar outras histórias da realeza britânica. A direção é de Philip Martin (The Crown), com roteiro de roteiro de Peter Moffat (Silk) e Geoff Bussetil (Skins).

Scoops, o livro de Sam McAlister que deu origem ao filme, segue inédito no Brasil. Já A Grande Entrevista estreia na Netflix no dia 5 de abril.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade