0

Brasil e Itália ficam fora da disputa pelo Oscar 2018

Tanto 'A Ciambra' como 'Bingo' não passaram por escolha

15 dez 2017
08h28
atualizado às 08h29
  • separator
  • comentários

O filme italiano "A Ciambra", do diretor Jonas Carpignano, e o brasileiro "Bingo: O Rei das Manhãs", dirigido por Daniel Rezende, ficaram de fora da disputa pelo prêmio de "Melhor Filme Estrangeiro" no Oscar de 2018.

"Bingo - O Rei das Manhãs"
"Bingo - O Rei das Manhãs"
Foto: PureBreak

Nesta sexta-feira (15), a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou nove filmes que ainda continuam na disputa, em lista que ainda será reduzida para os cinco concorrentes finais no dia 23 de janeiro.

Para a Academia, seguem na disputa o chileno "A Fantastic Woman", "On Body and Soul", da Hungria, "Foxtrot", de Israel, "The Insult", do Líbano, "Loveless", da Rússia, "Felicité", do Senegal, "The Wound", da África do Sul, e "The Square", da Suécia.

Também ficou de fora da disputa o filme da atriz e diretora Angelina Jolie, "First They Killed My Father", que estava concorrendo a estatueta pelo Camboja.

O longa "A Ciambra" foi lançado em maio de 2016 e teve um bom sucesso de público na Itália. Ele conta a história de um jovem de 14 anos, que mora na comunidade de ciganos A Ciambra, em Gioia Tauro, e que precisa assumir a responsabilidade de cuidar da família com o sumiço do irmão mais velho, Cosimo.

Já "Bingo" é inspirado na vida de Arlindo Barreto, que interpretou por anos o palhaço Bozo no Brasil.

veja também

Ansa - Brasil   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade