PUBLICIDADE

Ian McKellen revela por que recusou o papel de Dumbledore na saga Harry Potter

Papel foi oferecido ao intérprete de Gandalf após a morte de Richard Harris.

4 abr 2017 17h06
| atualizado às 19h06
ver comentários
Publicidade

Após a morte de Richard Harris em 2002, logo depois de Harry Potter e a Câmara Secreta, Michael Gambon assumiu a interpretação de Dumbledore na saga criada por J.K. Rowling. Mas, antes disso, o papel foi oferecido para Sir Ian McKellen.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema



Há de se imaginar que o ator não aceitou viver o bruxo porque já havia eternizado outro mago nos cinemas, Gandalf na franquia O Senhor dos Anéis. Entretanto, não foi esse o motivo que fez McKellen recusar a proposta.



"Quando ele morreu - ele interpretava Dumbledore, o bruxo; eu interpretava o bruxo verdadeiro [Gandalf], é claro - mas quando eles me chamaram e perguntaram se eu estaria interessado em integrar os filmes do Harry Potter, eles não disseram qual papel", McKellen disse à HARDtalk da BBC.



A recusa teve a ver com o fato de que, anteriormente,

Richard Harris

havia chamado McKellen e seus colegas de profissão Derek Jacobi e Kenneth Branagh de "tecnicamente brilhantes, mas sem paixão".



"Eu percebi o que eles estavam querendo e não pude... Não podia assumir o papel de um ator que eu sabia que não me aprovava", afirmou ele.




Harris e Gambon como Dumbledore.

Entretanto, McKellen não guarda rancor e elogia o trabalho de

Michael Gambon

, que viveu Dumbledore de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban até Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2. "Algumas vezes, quando vejo cartazes de

Michael Gambon

, o ator que gloriosamente interpreta Dumbledore, acho que sou eu", brincou McKellen. "Você sabe, podemos pedir o autógrafo um do outro!".



Sir

Ian McKellen

pode até não ter vivido Dumbledore nos cinemas, mas em breve vai reprisar o papel de Gandalf nos teatros.

AdoroCinema
Publicidade
Publicidade