PUBLICIDADE

Quase 400 pessoas com tornozeleira eletrônica curtiram carnaval no Paraná

Os monitorados que assinaram termo de fiscalização, receberam orientações, advertências e encaminhamentos

15 fev 2024 - 20h11
(atualizado às 21h23)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Durante o carnaval de Curitiba, ocorrida entre os dias 9 e 13 de fevereiro, a Polícia Penal do Paraná, juntamente com a Polícia Militar, fiscalizaram 386 indivíduos, resultando na identificação de 25 pessoas em situação irregular, com um mandado de prisão cumprido e uma queda de 61% de indivíduos monitorados com irregularidades no uso da tornozeleira eletrônica.
Foto: Divulgação/Polícia Penal

Quase 400 pessoas com tornozeleira eletrônica foram monitoradas curtindo o carnaval em Curitiba, no Paraná. Segundo informações da Polícia Penal do estado, 25 pessoas foram flagradas em situação irregular e um mandado de prisão foi cumprido.

Denominada de Operação Carnaval, a ação foi realizada entre os dias 9 e 13 de fevereiro, com o objetivo de fiscalizar pessoas com o uso da tornozeleira eletrônica e o encaminhamento de pessoas detidas. Ao todo, 386 indivíduos que passaram pelo Largo da Ordem, tradicional na região, foram monitorados. 

A ação ainda teve atuação da Divisão de Monitoração Eletrônica (DME), da Divisão de Operações de Segurança (DOS) e da Divisão de Operações Aéreas (DOA). Os monitorados que assinaram termo de fiscalização receberam orientações, advertências e encaminhamentos.

A maioria foi destinada as suas residências, de acordo com o chefe da Divisão de Monitoração Eletrônica (DME) da PP-PR, Claudio do Carmo Xavier, ao Terra. Em comparação com o ano passado, houve uma queda de 61% de indivíduos monitorados com irregularidades no uso da tornozeleira eletrônica, desde o início do monitoramento no uso. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade