0

Carnaval 2019: conheça os sambas-enredos das escolas de SP

Na sexta e no sábado do feriado, 14 escolas se apresentam no Sambódromo do Anhembi

4 fev 2019
09h00
atualizado em 6/2/2019 às 12h15
  • separator
  • 3
  • comentários

A cidade de São Paulo, para o Carnaval de 2019, já marcou as datas para a folia no Sambódromo do Anhembi, na Zona Norte da capital paulista. O grupo especial, composto por 14 participantes, apresentará seus sambas-enredos na sexta-feira, 01 de março, a partir das 23h15, e no sábado, 02 de março, a partir das 22h30.
 

Ensaio técnico da Vai-Vai, a maior campeã do Carnaval de São Paulo, com 15 títulos do grupo especial
Ensaio técnico da Vai-Vai, a maior campeã do Carnaval de São Paulo, com 15 títulos do grupo especial
Foto: BRUNO ROCHA/FOTOARENA / Estadão Conteúdo

Ouça o CD com todos os sambas-enredos:

Veja a sinopse dos sambas-enredos do Carnaval em São Paulo:

Colorado do Brás

Vice-campeã do grupo de acesso em 2018, a Colorado do Brás traz para o Carnaval deste ano o samba-enredo “Hakuna Matata, Isso É Viver”.

Conhecida pelo filme Rei Leão, da Disney, a frase “Hakuna Matata” vem da música “Jambo Bwana”, do grupo queniano Boney M. A canção foi criada com o intuito de celebrar o fim da ditadura militar no Quênia e atrair turistas para o país.

Nesse sentido, o enredo da Colorado do Brás pretende homenagear a África e suas belezas, assim como a simplicidade como motor da felicidade.
 

Império da Casa Verde

Com o título de “O Império Contra-Ataca”, o enredo da Império da Casa Verde faz alusão ao quinto filme da saga Guerra nas Estrelas, Guerra nas Estrelas: O Império Contra-Ataca. O objetivo da canção tema da escola de samba é homenagear as grandes produções cinematográficas de Hollywood.
 

Mancha Verde

Após conquistar o terceiro lugar no desfile do ano passado, a Mancha Verde apostou no carnavalesco Jorge Freitas para desenvolver o seu samba-enredo para 2019. Intitulado “Oxalá, Salve a Princesa! A saga de uma Guerreira Negra!”, a canção tema da escola conta a história da princesa congolesa Oxalá, que foi escravizada e trazida ao Brasil.
 

Acadêmicos do Tucuruvi

A Acadêmicos do Tucuruvi chega para o Carnaval de 2019 com o samba-enredo “Liberdade… O Canto Retumbante De Um Povo Heroico”. A intenção da canção é mostrar a evolução da batalha do povo brasileiro contra os opressores, desde os índios, os escravos até os trabalhadores dos dias atuais.
 

Acadêmicos do Tatuapé

A bicampeã (2017 e 2018) Acadêmicos do Tatuapé chega ao Carnaval de 2019 com o samba-enredo “Bravos Guerreiros. Por Deus, Pela Honra, Pela Justiça e Pelos que Precisam de Nós”. A canção relembra homens e mulheres que foram imortalizados na história da humanidade por seus atos de braveza e pensamentos disruptivos.


X-9 Paulistana

A escola X-9 Paulistana leva ao Sambódromo do Anhembi o samba-enredo “O Show Tem Que Continuar! Meu Lugar é Cercado de Luta e Suor, Esperança Num Mundo Melhor”, que homenageia o cantor e compositor Arlindo Cruz. A canção mostra a importância de Cruz para o gênero musical do samba.

Tom Maior

O samba-enredo da Tom Maior para o Carnaval de 2019 se inspira na obra do filósofo francês René Descartes. Intitulado “Penso... Logo existo – As Interrogações do Nosso Imaginário em Busca do Inimaginável”, a canção tema da escola de samba procura mostrar como a dúvida e a busca pelo conhecimento alimentam a relação do ser humano com o mundo ao seu redor.


Águia de Ouro

“Brasil, Eu Quero Falar de Você!” é o nome do samba-enredo da escola Águia de Ouro. A canção retrata a exploração das riquezas naturais do Brasil por conta da ganância do ser humano. O tema mostra como a sede por dinheiro começa na época da colonização dos portugueses no País e permanece até os dias atuais na República.
 

Dragões da Real

A Dragões da Real leva ao Carnaval de 2019 o samba-enredo “A Invenção do Tempo. Uma Odisséia em 65 Minutos”. A escola quer mostrar como o tempo foi um mecanismo criado pelo homem para entender e controlar os ciclos naturais do mundo. O desfile passará desde a concepção inicial do tempo, com o deus grego Cronos, até a época atual, na sociedade moderna.
 

Mocidade Alegre

A multicampeã Mocidade Alegre levará para os corredores do Sambódromo do Anhembi o samba-enredo “Ayakamaé - As Águas Sagradas do Sol e da Lua”. Inspirada pela lenda que explica a criação do Rio Amazonas (em tupi, Ayakamaé), a escola mostra com sua canção o folclore e a formação da região, que é uma das mais ricas em biodiversidade do mundo.
 

Vai-Vai

Com 15 títulos do Carnaval de 2019, a maior campeã do desfile paulista, a Vai-Vai desenvolveu o samba-enredo “Vai-Vai, O Quilombo do Futuro”. Dos escravos africanos até o líder sul-africano Nelson Mandela, a escola narra as lutas e conquistas da população negra no decorrer da história.
 

Rosas de Ouro

Buscando homenagear o povo armênio que vive no Brasil e em São Paulo, a escola Rosas de Ouro desenvolveu o samba-enredo “Viva Hayastan!” para o Carnaval de 2019. A canção mostra como os armênios sofreram com o genocídio provocado pelos otomanos em 1915, o que fez muitos saírem de Hayastan (“Armênia”, em armênio) e procurarem melhores condições de vida em outros locais.
 

Unidos de Vila Maria

A Unidos de Vila Maria traz ao Carnaval de 2019 o samba-enredo “Nas asas do grande pássaro, o vôo da Vila ao Império do Sol”. A escola pretende homenagear o Peru e seu povo, belezas naturais e folclore. O nome da canção traz a importância da relação entre o país andino e o Brasil, já que ambos são conectados e fazem fronteira.


Gaviões da Fiel

Para o Carnaval de 2019, a Gaviões da Fiel traz uma reedição do samba-enredo “A Saliva do Santo e o Veneno da Serpente”, que foi apresentada no ano de 1994 e deu à escola o vice-campeonato do grupo especial naquele ano. A canção tem como tema principal os prós e os contras da utilização do tabaco.

Veja também:

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 3
  • comentários
publicidade