PUBLICIDADE

Museu do Ipiranga: uma aventura em família ao passado do Brasil

16 mai 2024 - 10h33
Compartilhar
Exibir comentários

O Museu do Ipiranga, um dos locais mais emblemáticos da história brasileira, oferece uma experiência cultural fascinante para visitantes de todas as idades.

Foto: Divulgação/Museu do Ipiranga / Meu Passeio

Localizado em São Paulo, o Museu do Ipiranga não apenas preserva memórias importantes do passado do país, mas também proporciona uma oportunidade única para crianças explorarem o rico patrimônio cultural brasileiro de forma interativa e educativa.

Seus recursos audiovisuais, maquetes, e outras formas de apresentação tornam o aprendizado mais dinâmico e acessível até mesmo para adultos. Funciona das 10 às 17h com última entrada às 16h.

Pensando em fazer uma visita? Confira aqui quando ir, como chegar, quanto custa a entrada, e tudo que está sendo exibido nesse momento no Museu do Ipiranga.

O que tem dentro do Museu do Ipiranga?

As exposições do museu do Ipiranga são divididas em dois núcleos: "Para Entender a Sociedade" e "Para Entender o Museu" , ambas fixas no local.

Passados Imaginados:

Exposição Passados Imaginados – Museu do Ipiranga
Exposição Passados Imaginados – Museu do Ipiranga
Foto: Meu Passeio

Na exposição em destaque, os visitantes terão a oportunidade de apreciar pinturas que retratam cenas e figuras históricas do Brasil.

Essas obras, possivelmente reconhecidas de materiais educacionais ou do cotidiano, são objeto de discussão devido às suas representações elitistas, muitas vezes desconsiderando a contribuição dos indígenas e negros para a história nacional.

Além disso, a mostra inclui uma maquete e pinturas que remontam à São Paulo de aproximadamente 150 anos atrás.

 Territórios em Disputa:

Exposição Territórios em Disputa – Museu do Ipiranga
Exposição Territórios em Disputa – Museu do Ipiranga
Foto: Meu Passeio

A exposição em questão aborda a formação do território brasileiro e os conflitos entre diversos grupos durante o processo de colonização, incluindo portugueses, indígenas, espanhóis, franceses e holandeses.

Os visitantes encontrarão mapas, instrumentos de navegação e objetos históricos que evidenciam a ocupação e divisão territorial, destacando os impactos como invasões, destruição de aldeias e escravização de populações indígenas. Além disso, a exposição conta com vídeos que apresentam diferentes perspectivas sobre esse período histórico.

Mundos do trabalho:

Exposição Mundos do Trabalho – Museu do Ipiranga
Exposição Mundos do Trabalho – Museu do Ipiranga
Foto: Meu Passeio

A exposição inclui imagens e objetos relacionados a diversas atividades, desde a construção de rodovias até o trabalho no campo, destacando a importância do planejamento, técnica e criatividade em todas as áreas laborais.

Casas e Coisas:

Exposição Casas e Coisas – Museu do Ipiranga
Exposição Casas e Coisas – Museu do Ipiranga
Foto: Meu Passeio

Nesta exposição, o enfoque recai sobre o espaço doméstico como elemento fundamental na construção de nossa identidade. Por meio de uma variedade de objetos, desde louças até utensílios de escritório, provenientes de residências paulistas ao longo dos últimos 150 anos, os visitantes são convidados a refletir sobre seus usos, decoração e materiais.

A interação entre esses objetos e as pessoas que os utilizam proporciona uma compreensão mais profunda de como contribuíram para moldar identidades individuais e sociais, especialmente no que diz respeito às diferenças de gênero.

Catalogar: moedas e medalhas:

Exposição Catalogar: moedas e medalhas – Museu do Ipiranga
Exposição Catalogar: moedas e medalhas – Museu do Ipiranga
Foto: Meu Passeio

A segunda fase do ciclo curatorial, intitulada "Catalogar", é destacada nesta exposição. Os visitantes terão a oportunidade de compreender o processo de descrição e documentação dos objetos, especialmente na tradicional coleção de moedas e medalhas.

Essas peças seguem métodos estabelecidos para identificação e descrição de seus materiais e simbologias, oferecendo uma perspectiva fascinante sobre a história por trás de cada item.

A cidade vista de cima:

Exposição A cidade vista de cima – Museu do Ipiranga
Exposição A cidade vista de cima – Museu do Ipiranga
Foto: Meu Passeio

Na exposição, os visitantes terão acesso a fotografias aéreas do bairro do Ipiranga, retratando a região ao redor do Museu em diversas épocas históricas.

Essas imagens foram obtidas de diferentes perspectivas, incluindo o topo do Edifício-Monumento, aviões e drones. Além disso, haverá um mirante disponível para que os visitantes possam apreciar a paisagem atual da região nos dias de hoje.

Conservar: brinquedos:

Exposição Conservar: brinquedos – Museu do Ipiranga
Exposição Conservar: brinquedos – Museu do Ipiranga
Foto: Meu Passeio

A exposição apresenta o processo de conservação de uma coleção, exibindo uma variedade de objetos que vão de brinquedos de casinha a carrinhos, espaçonaves e foguetes.

Os visitantes terão a oportunidade de entender todo o trabalho de conservação, desde a avaliação no momento da entrada do item na coleção até as atividades de limpeza e restauração, os métodos de embalagem e o armazenamento nas reservas técnicas.

Comunicar: louças:

Exposição Comunicar: louças – Museu do Ipiranga
Exposição Comunicar: louças – Museu do Ipiranga
Foto: Meu Passeio

Na última fase do ciclo curatorial, destaca-se a etapa de comunicação. Através das coleções de louça, os visitantes poderão compreender o processo de produção de uma exposição, que vai além da simples exposição dos objetos.

A mostra envolve seleção, criação e interpretação, constituindo um processo de conhecimento que não é neutro e não busca simplesmente atestar uma verdade.

Coletar: imagens e objetos:

Exposição Coletar: imagens e objetos – Museu do Ipiranga
Exposição Coletar: imagens e objetos – Museu do Ipiranga
Foto: Meu Passeio

Quatro exposições destacam o trabalho dos profissionais de diversas áreas do Museu, dentro do que é chamado de ciclo curatorial. A primeira etapa explorada é a de Coletar, onde amostras das coleções são utilizadas para ilustrar as mudanças nas políticas de coleta de documentos.

Isso resultou em uma ampliação da representação de diversos segmentos sociais, bem como uma variedade de materiais e técnicas utilizadas.

Para entender o museu:

Exposição Para Entender o Museu – Museu do Ipiranga
Exposição Para Entender o Museu – Museu do Ipiranga
Foto: Meu Passeio

Nesta exposição, são explorados dois temas principais: a construção do Edifício-Monumento e as evoluções do acervo ao longo de sua história. Inicialmente, o Museu abrigava uma ampla variedade de coleções, incluindo botânica, zoologia, etnologia e mineralogia.

Com o tempo, parte desses acervos foi transferida para outras instituições, e uma parcela da coleção de arte foi destinada à Pinacoteca do Estado de São Paulo. Essas mudanças visavam transformar o Museu do Ipiranga em uma instituição especializada em história. Além disso, os visitantes poderão conhecer uma maquete que representa a concepção original do edifício.

Através de uma experiência imersiva, eles também poderão entender o conceito de cultura material e como os pesquisadores investigam as sociedades por meio de objetos e imagens.

Uma história do Brasil:

Exposição Uma história do Brasil – Museu do Ipiranga
Exposição Uma história do Brasil – Museu do Ipiranga
Foto: Meu Passeio

Para explorar esta exposição, os visitantes são conduzidos por três espaços distintos no Museu: o Saguão, a Escadaria e o Salão Nobre. Nestes ambientes, são apresentadas esculturas e pinturas que retratam uma narrativa da formação do Brasil.

As obras representam bandeirantes, personagens do início da colonização portuguesa e eventos ligados à Independência. Além disso, são exibidos vasos contendo águas dos rios do Brasil e a icônica pintura "Independência ou morte!", de Pedro Américo.

Quanto custa o ingresso para o Museu do Ipiranga?

Os ingressos para o Museu do Ipiranga custam R$30 (inteira) e R$15 (meia) e podem ser adquiridos pelo site. Mas, se você não conseguir conseguir os ingressos online, pode retirar seus ingressos diretamente na bilheteria.

Quem paga meia no Museu do Ipiranga?

Professores, coordenadores, diretores, supervisores e profissionais da rede pública (com comprovante), estudantes (ensino público e privado com identidade estudantil), idosos com mais de 60 anos, pessoas com deficiência - PcD e seu acompanhante (é necessário laudo médico comprovando a deficiência) e jovens de 15 a 29 anos comprovadamente carentes, apresentando o ID Jovem.

Que dia o Museu do Ipiranga é gratuito?

O Museu do Ipiranga tem ingresso gratuito todas as quartas-feiras, no primeiro domingo do mês, nos feriados do Dia da Independência (07 de setembro) e no Aniversário de São Paulo (25 de janeiro).

Além disso, crianças menores de 6 anos não pagam ingresso todos os dias.

O que fazer perto do Museu do Ipiranga?

E para quem quer aproveitar o passeio para conhecer outros lugares, há várias opções bacanas para se divertir com as crianças.

Museu de Zoologia da USP

O espaço reúne exposições de longa duração, temporárias e itinerantes, que apresenta grande biodiversidade animal. O museu possui um dos maiores acervos zoológicos da América Latina.

São mais de 11 milhões exemplares preservados, com diversos animais empalhados, incluindo tigres, onças, ursos, aves, macacos, entre outras espécies.

  • Horário de atendimento: de quarta a domingo, das 10h 17h  (acesso permitido até às 16h30). Entrada gratuita para todas as idades. A entrada é gratuita. Para grupos acima de 10 e com até 70 pessoas será necessário agendamento para visita à exposição. Clique aqui para agendar!
  • Endereço: Avenida Nazaré, 481 - Ipiranga, São Paulo - SP.

Parque da Independência

Com entrada gratuita, o parque oferece estrutura completa para passear com as crianças e praticar exercícios. Tem pista de cooper, aparelhos de ginástica, Wi-fi, playground, área de estar, estacionamento, sanitários, chafariz com fonte e cascata.

Os equipamentos de ginástica são acessíveis para pessoas com deficiência.

  • Horário de funcionamento: parque aberto diariamente das 5h às 20h.
  • Endereço: Av. Nazareth, s/n - Ipiranga, São Paulo - SP.

Sesc Ipiranga

É um espaço de cultura, esporte e lazer voltado para todas as idades. Situado ao lado do Parque da Independência, a unidade do Sesc conta com áreas de convivência para leitura e rodas de conversa, auditório, cafeteria, deck no quintal, além de piscinas e ginásio.

Há também um espaço para cursos de arte e tecnologia, salas de Ginástica Multifuncional, loja com produtos exclusivos, paraciclos, teatro, quintal com área verde e até clínica odontológica.

  • Horário de funcionamento: terça a sexta, das 7h às 21h30; sábados, das 10h às 21h30; domingos e feriados, das 10h às 18h30.
  • Endereço: Rua Bom Pastor, 822, Ipiranga, São Paulo.

Aquário de São Paulo

Com área total de 15 mil m² e 4 milhões de litros d´água, o Aquário de São Paulo é referência em tratamento, bem estar e manejo de animais. É o primeiro e único aquário totalmente tematizado da América Latina.

Lá, é possível observar animais como tubarões, raias, ursos polares, jacarés, pinguins, cangurus, entre outras espécies. Além das atrações para o público, o espaço também conta com restaurante.

Os ingressos custam R$ 80 (crianças de 2 a 12 anos); R$ 100 (adultos); R$ 50 (pessoas acima de 60 anos e professores, com comprovação de atividade). Às segundas-feiras, o bilhete sai por R$80 para adultos e crianças. Deficientes físicos não pagam ingresso. Leitores do SP Crianças possuem 10% de desconto na compra do ingresso pelo site. 

Há também atrações temáticas como o Mergulho das Sereias e Jurassic Aquarium. Ambas custam R$20.

  • Horário de funcionamento: de segunda a domingo, das 9h às 17h.
  • Endereço: Rua Huet Bacelar, 407 - Ipiranga, São Paulo.

🔎Tire aqui suas dúvidas sobre o Museu do Ipiranga

  1. O museu e o parque do Ipiranga estão perto? O Parque da Independência fica em frente ao museu.
  2. O Museu do Ipiranga é acessível para cadeirantes? Sim, o museu tem rampas de acessos.
  3. Tem estacionamento? Tem, mas por serem poucas vagas, elas são reservadas à pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Nas ruas próximas, como a Bom Pastor e Av Nazaré, há Zona Azul,
  4. Como fazer o agendamento para visitar o Museu do Ipiranga? Não é necessário agendamento ou inscrição, você pode comprar os ingressos clicando aqui. As quartas a entrada é gratuita com distribuição dos ingressos por ordem de chegada a partir das 10h.
  5. Qual horário de funcionamento do o Museu do Ipiranga? O museu do ipiranga tem o seguinte horário: terça a domingo, das 11h às 18h, com entrada permitida até 17h.
  6. Qual é o telefone do Museu do Ipiranga? (11) 2065-8000

Dados do passeio:

  • Passeio: Museu do Ipiranga
  • Recomendado: Todas as idades
  • Quando: Atração fixa
  • Horários: das 10 às 17h. Última entrada: 16h
  • Preços: R$30 (inteira) e R$15 (meia). Ás quartas, o museu é gratuito para todos mediante 01k de alimento não perecível. O acesso também é gratuito no primeiro domingo de cada mês e nos feriados do aniversário de São Paulo (25/1) e da Independência (7/9)
  • compre aqui seu ingresso

  • Locais:
Meu Passeio
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade