PUBLICIDADE

YouTube não vai recomendar nada para quem não tem histórico de visualização

O YouTube vai remover todas as recomendações da tela inicial para quem desativou o histórico de exibição da plataforma; veja o resultado na interface

8 ago 2023 - 20h12
(atualizado em 9/8/2023 às 10h30)
Compartilhar
Exibir comentários

O YouTube anunciou uma mudança na visualização da página inicial: a plataforma não vai exibir nenhuma recomendação de vídeo para as contas que desativaram o histórico de exibições. O recurso afeta todas as funções que dependem das recomendações personalizadas.

Foto: Azamat E/Unsplash / Canaltech

No lugar do feed, a interface da tela inicial fica em branco e exibe um aviso sobre o histórico. A empresa informa que a decisão teria o objetivo de "deixar claro quais recursos do YouTube dependem do histórico para oferecer recomendações e torná-lo mais simplificado para quem prefere pesquisar a procurar sugestões".

O recurso foi liberado aos poucos e deve chegar a mais usuários nos próximos meses. Em teste feito pelo Canaltech, o YouTube ainda mostrava um feed de recomendações mesmo após desativar o histórico.

Como desativar o histórico do YouTube

Para testar a nova visualização, você precisa desativar o histórico de pesquisa no YouTube:

  1. Acesse myactivity.google.com/activitycontrols;
  2. Procure por "Histórico do YouTube";
  3. Clique em "Desativar";
  4. Confirme a ação.

TikTok lançou feed sem personalização de algoritmos

Na última semana, o TikTok divulgou que vai lançar uma versão do feed Para Você na União Europeia sem as recomendações personalizadas para cada usuário: a rede social exibirá os vídeos mais populares no país na seção.

A mudança atende aos requisitos da Lei de Serviços Digitais da UE, que determina que algumas plataformas precisam oferecer uma opção para desativar as recomendações personalizadas.

Apesar de não mencionar a lei no comunicado oficial, a alteração da tela inicial do YouTube também poderia ser interpretada como uma forma de se adequar à legislação.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade