PUBLICIDADE

Vídeos antigos no Instagram perdem o áudio, mas Meta vai resolver

Vídeos publicados entre 2013 e 2014 no Instagram não reproduzem mais a faixa de áudio, mas a Meta informou que trabalha em uma correção

5 dez 2023 - 22h11
(atualizado em 6/12/2023 às 13h07)
Compartilhar
Exibir comentários

A Meta reconheceu um problema no Instagram que afeta vídeos publicados há mais de nove anos na rede social e provoca o desaparecimento das faixas de áudio dos materiais. O erro foi identificado há alguns meses por usuários da plataforma, e agora a companhia informou que trabalha em uma solução — mas sem definir uma previsão sobre quando a correção terá efeito.

Foto: Rawpixel.com/Freepik / Canaltech

O problema atinge vídeos publicados desde junho de 2013, quando o Instagram começou a ter suporte para esse formato, até outubro de 2014. O erro ocorre tanto na versão web da plataforma quanto nas versões para Android e iOS e exibe uma mensagem que informa que "o vídeo não tem som".

Vídeos sem som

Nas redes sociais, várias pessoas relataram que seus vídeos antigos perderam o áudio recentemente. No Reddit, um usuário abriu uma discussão sobre o assunto há cerca de seis meses e contou que esperava ter acesso a um material que contava com a presença de um amigo recém-falecido.

Why do my old videos on Instagram have no sound?

by u/-ADRIZZLE- in Instagram

A publicação evidencia como uma parcela do público utiliza o Instagram para guardar memórias e servir como armazenamento de suas mídias, às vezes sem ter um backup desses arquivos entre outros locais.

Naturalmente, a preocupação das pessoas é se terão acesso novamente aos áudios desses vídeos ou se os conteúdos estarão perdidos para sempre.

Ao site The Verge, a Meta reconheceu o bug na plataforma e disse que "o problema está sendo resolvido, e nós pedimos desculpas pelo inconveniente", mas não forneceu um prazo para concluir essa correção.

Para lidar com esse e outros bugs, você pode encontrar em contato com o Instagram para relatar um problema e ajudar a companhia a identificar os erros na plataforma.

Fonte: The Verge

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade