PUBLICIDADE

Setor de IA mente sobre não violar direitos autorais, acusa Musk

Elon Musk criticou a estrutura lucrativa da OpenAI e ainda disse que empresas de IA mentem sobre não usarem materiais protegidos por direitos autorais

1 dez 2023 - 17h13
(atualizado às 20h22)
Compartilhar
Exibir comentários

O bilionário Elon Musk criticou a postura das empresas que desenvolvem IAs generativas e alegam treinar o algoritmo apenas com materiais livres de direitos autorais: segundo o criador da Tesla, essas ferramentas "mentem" quando dizem isso e seriam abastecidas com dados protegidos por copyright. As informações são do WccfTech.

Foto: Daniel Oberhaus/CC-BY-S.A-4.0 / Canaltech

Musk esteve presente na conferência New York Times' Digital Events Summit, no qual a repercussão maior ficou por conta dos xingamentos que ele fez a anunciantes que boicotam o X — além das ofensas, ainda alegou uma "chantagem" das empresas que retiraram as propagandas do antigo Twitter. A conversa não ficou limitada ao tema da rede social e também teve comentários sobre o cenário atual de IA.

Críticas à OpenAI

O bilionário aproveitou a ocasião para comentar a situação vivida pela OpenAI nos últimos dias, que culminou com a demissão e a recontratação do CEO Sam Altman. Elon Musk foi um dos cofundadores do projeto em 2015, quando ainda era uma organização sem fins lucrativos, e abandonou por discordar de Altman sobre a ideia de transformá-la numa empresa de lucro limitado.

"Ela foi de uma fundação open source para, de repente, uma corporação de US$ 90 bilhões de código fechado e lucrativa. Eu não sei como você sai de um lugar para o outro, mas parece, não sei, isso é legal?", questionou Musk. Ele ainda ironizou e disse que a empresa deveria mudar o nome para "Super fonte fechada para lucro máximo em IA".

Estrutura da OpenAI foi criticada por Elon Musk (Imagem: Mojahid Mottakin/Unsplash)
Estrutura da OpenAI foi criticada por Elon Musk (Imagem: Mojahid Mottakin/Unsplash)
Foto: Canaltech

Com relação à demissão de Altman, o empresário novamente defendeu o cofundador e pesquisador-chefe da OpenAI, Ilya Sutskever, ao alegar que ele teria motivos para apoiar a demissão.

Vale lembrar que Musk e Altman não se entendem bem há alguns anos: o ponto de ruptura entre os dois foi justamente a mudança na configuração da OpenAI, e Sam Altman já debochou do bilionário sul-africano algumas vezes.

IAs e direitos autorais

Questionado sobre empresas que afirmam que as IAs são treinadas somente com materiais livres de direitos autorais, Musk foi contundente ao afirmar que isso não é verdade: "É, isso é uma grande mentira, essas IAs são todas treinadas com dados protegidos por direitos autorais, obviamente", comentou.

Por outro lado, não revelou se a sua empresa xAI também usa a mesma estratégia para treinar a IA generativa Grok. A única informação pública sobre o treinamento do modelo revela que ele usa dados obtidos do X (ex-Twitter), mas não há outros detalhes.

OpenAI e Meta já foram processadas em múltiplas ocasiões por grupos de autores sob a acusação de violar esses direitos, mas ainda não há uma decisão judicial sobre os casos.

Fonte: WccfTech

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade