PUBLICIDADE

O que é um sistema de energia solar off grid?

Um sistema de energia solar off grid é totalmente autônomo e não está conectado à rede de distribuição elétrica convencional. Então como ele funciona?

7 jun 2023 - 09h34
(atualizado às 12h58)
Compartilhar
Exibir comentários

A energia solar fotovoltaica vem crescendo em todo o mundo (incluindo o Brasil) como uma fonte limpa e renovável de carga, ocupando um patamar muito próximo à energia eólica na matriz elétrica de vários países. E esse tipo de energia se divide em dois sistemas: o de energia solar off grid, e o de energia solar on grid.

Foto: FoToArtist_1/envato / Canaltech

Além de existirem usinas que geram esse tipo de energia — como é o caso do Complexo Solar de Pirapora, em Minas Gerais, que tem mais de 1,2 milhão de placas —, é possível instalar um sistema de geração de energia solar individual em residências, estabelecimentos comerciais e indústrias.

E quando se faz uma instalação assim, pode-se optar pelo on grid ou pelo off grid. Cada um possui vantagens e desvantagens, e a escolha depende do contexto local e das necessidades de cada usuário.

Diferenças entre energia solar off grid e on grid

Casas que possuem um abastecimento de energia estão conectadas a uma rede pela qual a energia elétrica é transmitida. Quando se instala um sistema elétrico em um local, este pode ou não continuar conectado à rede elétrica. Quando o sistema local segue conectado ao fornecimento externo de energia, ele é chamado de on grid.

O sistema off grid, por sua vez, é totalmente autônomo. Ou seja: ele não está conectado à rede de distribuição da concessionária da região. Como trabalha de forma isolada, a única fonte de energia disponível no local é a proveniente das placas fotovoltaicas ali devidamente instaladas para captar a luz solar. E para armazenar carga suficiente, capaz de fornecer energia quando a geração não acontece, o modelo off grid conta com um banco de baterias para armazenamento do excedente produzido.

Outros componentes dos sistemas fotovoltaicos off grid são os controladores de carga e os inversores de corrente elétrica, que transformam a corrente contínua gerada nas placas solares em corrente alternada, utilizada nos equipamentos elétricos.

Já o sistema on grid, por estar conectado à rede elétrica convencional, é capaz de transmitir o excedente de energia produzida para a distribuidora regional. Toda energia transmitida dessa forma gera créditos para o usuário e, em períodos em que o sistema não gera mais energia, a residência pode consumir eletricidade da rede de distribuição, com os créditos sendo utilizados como pagamento pelo uso.

Energia solar off grid e on grid: qual é a melhor?

A resposta para esta questão é: cada caso é um caso.

De modo geral, o sistema off grid possui custo maior de instalação e de manutenção, o que inclui a substituição das baterias no final de suas vidas úteis. Por outro lado, ele fornece alta autonomia em relação à distribuição convencional, sendo uma ótima opção para locais remotos, como chácaras e empresas em zonas rurais mais afastadas, onde a rede elétrica padrão não chega.

O sistema on grid tem a vantagem de ter menor custo de instalação e melhor rendimento, o que ainda o torna mais vantajoso nas zonas urbanas. Porém, é importante observar que, por estarem conectados à rede, locais que possuem este tipo de sistema de energia devem seguir as regulamentações locais e pagar taxas estabelecidas pela Lei Federal nº 14.300, de janeiro de 2022, que dispõe sobre a microgeração de energia elétrica.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade