PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

O céu não é o limite! | Eclipse solar, buracos negros, asteroide e+

Confira as principais notícias do espaço da semana 6 a 12 de abril de 2024 e fique por dentro de tudo o que mais importa no universo da astronomia!

14 abr 2024 - 11h00
(atualizado em 15/4/2024 às 11h51)
Compartilhar
Exibir comentários

Durante a última semana, não se falou em outra coisa: o eclipse solar total tomou conta dos notíciários, seja com as fotos do evento, seja com as curiosidades divulgadas pelos especialistas. Mas também houve novas descobertas sobre buracos negros, meteoros e mais.

Foto: Justin Dickey/MPIfR; Daniëlle Futselaar/urikyo33 / Canaltech

Confira os principais destaques em nosso resumo semanal.

O eclipse solar total

Na segunda-feira (8), os habitantes da América do Norte apreciaram o eclipse solar total e tiraram fotos incríveis. Até satélites da SpaceX registraram a sombra da Lua sobre nosso planeta. 

Algumas fotos revelaram pontos avermelhados nas bordas, levando muitos a acreditar se tratar de uma erupção solar. Contudo, era algo conhecido como proeminência; não houve nenhuma erupção durante o eclipse até quinta-feira (11), quando o Sol voltou com suas explosões.

Outra curiosidade é que um cometa foi descoberto e destruído durante o eclipse.

Os buracos negros

Uma pesquisa parece ter encontrado um buraco negro que pode finalmente preencher uma lacuna, que há muito incomoda os astrônomos. Segundo análises, o objeto tem massa entre três a cinco vezes a do Sol, algo nunca encontrado antes em um buraco negro.

Isso significa que ele pode ser o mais leve já observado, representando precisamente a massa mínima necessária para que uma estrela possa colapsar em buraco negro. A descoberta foi feita por meio de ondas gravitacionais.

Outro estudo aponta para a possibilidade de que a matéria escura seja formada por buracos negros microscópicos, formados logo após o Big Bang.

Devido ao tamanho ínfimo, teriam sido capazes de entrar nas estrelas e devorá-las de dentro para fora, formando assim um halo de massa invisível ao redor das galáxias.

Lua e asteroides

Um asteroide do tamanho de um carro passou perto da Terra nesta quinta-feira (11), a apenas 12.320 quilômetros de distância. Isso corresponde a 3% da distância entre a Terra e a Lua, uma aproximação impressionante. Contudo, não houve nenhum risco de colisão. 

E por falar na Lua, a sonda Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) da NASA fotografou um objeto estranho orbitando o satélite natural da Terra. Os pesquisadores acabaram identificando como a sonda espacial sul-coreana Danuri, que foi lançada para mapear o relevo lunar.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade